Em busca de uma aparência mais saudável e bonita, a procura masculina por cirurgias plásticas como a ginecomastia, o transplante capilar, a ritidoplastia, a blefaroplastia, a lipoaspiração e a lipoescultura, tem crescido.

Homens com mais de quarenta anos que apresentam os famosos pés de galinha possuem na ritidoplastia, cirurgia plástica do rejuvenescimento, uma aliada, sendo indicada para quem deseja amenizar estas rugas e outras linhas de expressão resultantes da ação do tempo. Complementando ou não a ritidoplastia, a blefaroplastia, cirurgia plástica das pálpebras, corrige as “bolsinhas” e sobras de pele na região dos olhos.

O transplante capilar tem se mostrado a forma mais eficaz no combate à calvície, pois devolve os fios capilares a regiões que sofrem com o gene da alopecia por intermédio do transplante. O método, realizado em sessões, remove as unidades capilares em seu todo e, com a certeza de não possuírem o gene da calvície, os cabelos transplantados não voltam a cair e podem ser cortados normalmente.

Já a ginecomastia tem como objetivo corrigir o aspecto de “mamas femininas” que alguns homens desenvolvem naturalmente (em geral, por alterações hormonais) ou ainda, por terem se submetido a tratamentos com medicamentos e substâncias que desencadeiam tal reação no organismo.

Os procedimentos de lipoaspiração e lipoescultura têm por objetivo devolver ou aprimorar a silhueta natural do homem, concedendo mais traços musculares a algumas regiões e volumes a outras. A lipoaspiração remove a gordura localizada e de difícil correção de algumas áreas e a lipoescultura a insere em outras para conceder maior volume e naturalidade à harmonia corporal.

A cirurgia plástica deixou de ser assunto marcado por tabus e hoje é bastante utilizada por homens que sofrem com algum desconforto estético ou físico.