A prática das cirurgias plásticas combinadas vem crescendo muito no país. A comodidade e o conforto, além da diminuição do preço da cirurgia são alguns dos fatores que contribuem para esse crescimento. As cirurgias podem facilmente ser associadas e beneficiam o paciente pelo período único de internação e recuperação e pela única cirurgia e anestesia. Além disso, os resultados podem também ser mais completos, corrigindo-se as imperfeições de uma só vez.

 

As cirurgias mais comumente associadas são: a lipoaspiração + implante de silicone, abdominoplastia + redução de mama, rejuvenescimento facial + blefaroplastia e lifting de glúteos + lipo nos culotes. Os homens, embora em número reduzido, também são beneficiados por esse tipo de prática. Em geral, as cirurgias associadas são funcionais, como a correção do desvio de septo nasal junto com as plásticas estéticas do nariz ou orelha em abano. Porém, precisam de avaliações criteriosas para a definição e indicação de cada uma.

 

Tenha em mente

 

Além dos cuidados normais, o paciente deve entender que esta associação só será possível quando não houver nenhum tipo de risco à sua saúde, ou seja, ele deve estar em perfeitas condições clínicas. Seu médico deve liberá-lo sem restrições maiores para a realização dos procedimentos e o paciente, estar ciente de que o repouso deverá ser maior e suas limitações pós-operatórias também.