Nossos profissionais te apresentam três tipos diferentes de mamoplastia e seus objetivos

Uma das principais cirurgias plásticas desejadas pelas mulheres é a mamoplastia. Se você acha que isso se limita somente ao implante de silicone, está muito enganada! Conheça os tipos de variação dessa cirurgia:

Mamoplastia redutora

Apesar da maioria das mulheres buscarem as clínicas de cirurgia plástica para obter o aumento das mamas, algumas não estão satisfeitas com o volume demasiado que já possuem. Para essas, a mamoplastia redutora se apresenta como uma solução.
Anestesia: local com sedação
Pós-operatório: curativo em forma de sutiã por 24 horas e evitar dormir de bruços durante dez dias
Cicatriz: pouco visível após o período de maturação

Mamoplastia de aumento

Quem deseja essa cirurgia quer aumentar o volume das mamas, e geralmente, sofre de hipoplasia, ou seja, possui seios pequenos em relação ao restante do corpo. As opções de resultados são inúmeras devido aos diversos tipos de próteses e incisões, que devem ser escolhidas pela paciente juntamente ao cirurgião plástico durante a avaliação e consultas.
Anestesia: local
Pós-operatório: curativo em forma de sutiã durante 24 horas e evitar dormir de bruços durante 10 dias + uso de sutiã cirúrgico
Cicatriz: dependente do tipo de incisão escolhida

Lifting de mamas

Recomendada para quem possui seios caídos e deseja dar um “up”, essa mamoplastia remove a pele excedente da região para chegar ao resultado esperado pela paciente.  Pode ser associada com a mamoplastia de aumento.
Anestesia: local com sedação ou geral
Pós-operatório: curativo durante 24 horas e uso de sutiã próprio durante dois meses (de dia e à noite)
Cicatriz: normalmente situada na porção inferior dos seios