Manter o bumbum em equilíbrio com a silhueta é a preferência das mulheres que buscam um formato arredondado, com aparência durinha. Para isso, a gluteoplastia e o lufting de glúteos podem ser combinados e tornar o bumbum, a preferência nacional, sinônimo de orgulho.

O lifting de glúteos e a gluteoplastia são cirurgias cujo objetivo é aprimorar o contorno da região. A primeira técnica melhora a estética do local com a remoção da pele excedente, o que elimina a flacidez. Já na gluteoplastia, ou cirurgia plástica de inserção de próteses nos glúteos, o bumbum passa a ter um aspecto empinado com a colocação do material, deixando-­o mais bonito e harmonizado com o restante do corpo.

A técnica do lifting de glúteos é semelhante à dermolipectomia (remoção do excesso de pele e gordura), entretanto, é realizada na região glútea. Uma incisão é feita na linha do biquíni, para que a remoção de pele em excesso não deixe marcas aparentes. É bastante comum a associação entre o lifting de glúteos e a gluteoplastia e muitos pacientes preferem esta opção com o intuito de conseguir um bumbum erguido e anatomicamente bem desenhado. O lifting de glúteos é o único procedimento que possibilita a remoção de celulite do bumbum.