Muito discutida entre pacientes e cirurgiões plásticos nos consultórios em todo o mundo está a associação de procedimentos para obter melhores resultados. O objetivo é realizar em apenas uma operação, aproveitando a anestesia, os custos com hospital e profissionais para fazer dois ou mais procedimentos.

A abdominoplastia com a lipoaspiração conquistou o topo do ranking de procedimentos associados mais realizados, de acordo com a ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery). Aliás, vamos ainda mais longe com essa informação: o Brasil foi o pioneiro na lipoabdominoplastia, inclusive com a especialização de profissionais certificados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Mas é importante esclarecer que nem todo mundo pode se submeter ao procedimento citado. Cada caso deve ser avaliado pelo cirurgião plástico diante dos exames apresentados pelo paciente. Segundo recomendação da SBCP, o máximo de volume a ser aspirado deve ser de 7% do peso corpóreo. Ou seja, o paciente precisa entender que o procedimento não tem como objetivo o emagrecimento.

Se você possui pequena quantidade de gordura localizada na região abdominal e também precisa retirar o excesso de pele, a lipoabdominoplastia pode ser uma boa opção. Agende uma consulta e esclareça suas dúvidas com um cirurgião plástico.