Comparativo entre o pré e o pós-operatório de pacientes divulgado em sites ou redes sociais é repreendido por CFM e SBCP

Se você quer realizar uma cirurgia plástica, certamente já pesquisou fotos de antes e depois sobre o procedimento escolhido na internet, mas saiba que essa a divulgação dessa prática comparativa do pré e pós-operatório é proibida pelo Conselho Federal de Medicina e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O objetivo da resolução do CFM é preservar a integridade do paciente, coibir o sensacionalismo, autopromoção ou concorrência desleal entre médicos.

Quando essa é a única forma que o cirurgião plástico tem de comprovar sua experiência no procedimento, desconfie, já que as fotos podem não ser de pacientes que ele realmente operou. A melhor prática para validar a experiência de um profissional deve ser uma consulta de avaliação para tirar todas as suas dúvidas, confirmar se ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (você pode confirmar essa informação através do site da SBCP clicando aqui) e falar com outros pacientes.

Proibição das fotos de antes e depois em cirurgias plásticas

Mas se é proibido, como alguns médicos ainda fazem essa divulgação de imagens de antes e depois em cirurgias plásticas? O CFM coíbe a prática por meio de denúncias, visando manter a conduta ética nas atividades profissionais. Colabore com a boa prática da medicina valorizando os profissionais que não são condescendentes com tal atitude.