Entenda como a cirurgia plástica na papada rejuvenesce a aparência do paciente

Deixar o semblante mais leve e rejuvenescer a aparência são motivos que levam os pacientes aos consultórios de cirurgia plástica em busca da lipoaspiração de papada. A perda ou ganho de peso substancial é que torna a papada aparente e se torna um incômodo. A intervenção do cirurgião plástico depende da análise do grau de flacidez e o envelhecimento cutâneo.

Homens e mulheres de 30 a 50 anos que apresentam um volume aumentado ou moderado de tecido gorduroso podem se beneficiar da lipo de papada. O cirurgião plástico modela o contorno e promove a harmonia facial. Para isso, pode ser necessário combinar a lipoaspiração de papada com o lifting de pescoço ou ritidoplastia. Em busca de um resultado natural, o profissional evita esticar a pele ou fazer grandes trações.

Evolução do pós-operatório da lipoaspiração de papada

Como toda lipoaspiração, a gordura é aspirada por pequenas cânulas que deixam cicatrizes mínimas e quase imperceptíveis. No caso de um lifting, as incisões são escondidas nas dobras naturais da pele.

O período pós-operatório inclui o repouso, com o paciente devendo dormir com a cabeça discretamente elevada, apoiada sobre um travesseiro. A elasticidade dos tecidos é um dos fatores determinantes para um resultado de qualidade dando fim ao desequilíbrio facial.