Não é fácil ter que lidar com um incômodo como as orelhas de abano, principalmente quando esta situação se apresenta logo na infância. A autoestima fica comprometida, por isso, em muitos casos, os pais já buscam uma solução para resolver o problema.

A otoplastia é a cirurgia plástica de correção das orelhas que poderá ser indicada ao paciente que apresenta algum incômodo em relação ao tamanho, simetria, consistência e a forma das orelhas. A otoplastia também pode ser realizada para correção do lóbulo rasgado, seja por acidente ou uso de brincos pesados, causando uma aparência desconfortável.

O procedimento, que pode exigir anestesia local ou geral, é realizado sem deixar cicatrizes, removendo um fragmento de pele atrás das orelhas e, se necessário, moldando a cartilagem, dependendo da avaliação do cirurgião plástico.

Durante o pós-operatório, recomenda-se não dormir de lado por duas semanas e o uso de uma faixa elástica na cabeça nas primeiras 48h após a cirurgia. Isso ajuda a proteger a região, especialmente na hora de dormir.