Uma das maiores preocupações das mulheres que pretendem se submeter à cirurgia plástica de implante de prótese de silicone nas mamas é se um dia, quando tiverem filhos, poderão amamentá-los perfeitamente, mesmo com a prótese.

 

A prótese de silicone não interfere na amamentação, pois ela não é colocada acima da glândula mamária, e sim, abaixo dela, sem afetar as funções de produção e eliminação de leite materno. Sendo assim, a glândula mamária continua funcionando naturalmente, independente da prótese de silicone.

 

Relatos de casos em que a cirurgia de implante de prótese de silicone causou interferências na atividade de amamentação recaem sobre a colocação das próteses através de um corte transversal no mamilo, que pode provocar rompimento dos ductos, impossibilitando o aleitamento.

 

Daí a importância de discutir com seu médico as vantagens e desvantagens de cada via de acesso.