Descubra se a idade pode ser um fator de impedimento na realização de uma plástica

As cirurgias plásticas, especialmente quando são reparadoras, possuem suas particularidades de indicação sobre a idade em que podem ser realizadas. Quando falamos sobre cirurgias plásticas pós-grandes emagrecimentos, o índice segue esse precedente. Se considerarmos a cirurgia bariátrica, dificilmente teremos um paciente com menos de 17 anos, já que a liberação ocorre somente após os 16 anos.

Quando as mamas são muito grandes, elas causam dores nas costas e pescoço, atrapalhando atividades rotineiras, como a prática de exercícios físicos. No caso da mamoplastia redutora, condição que pode ou não estar associada à obesidade ou emagrecimento, é necessário aguardar o completo desenvolvimento das mamas.

Ao falarmos de ginecomastia, a recomendação é praticamente a mesma, já que é natural que pacientes de 14 anos possuam excesso de gordura nas mamas, causando uma condição conhecida popularmente como “mamas masculinas”. Se essa condição perdura para além da adolescência gera grande prejuízo emocional ou estético aos homens.

Quem é o paciente ideal para uma cirurgia plástica?

Para passar por uma cirurgia plástica você deve levar em consideração fatores como sua condição clínica, que será definida através de uma série de exames e avaliações multidisciplinares de profissionais, o desejo em reparar certa área (lembre-se que essa deve ser uma motivação sua!) e ajustar com o cirurgião plástico as suas expectativas e reais possibilidades em obter o resultado que deseja.