Um nariz pequeno e arrebitado, uma cintura fininha, seios com volume e empinados e bumbum do jeito que o brasileiro gosta. Que tal? Esse pode ser o corpo que todos desejam, mas o segredo do sucesso não está nisso e sim na proporcionalidade das formas.

Muitos pacientes chegam ao consultório de cirurgia plástica com desejos que desafiam as leis do equilíbrio corporal. É dever do cirurgião plástico esclarecer que nem todo sonho é possível e, na maioria das vezes, o desejo do paciente não é a melhor escolha. Exemplo: próteses de silicone nas mamas que sejam muito exageradas podem causar problemas de postura na paciente.

No caso da rinoplastia, a simulação digital durante a consulta também auxilia o cirurgião plástico a exemplificar ao paciente como ficará o resultado, lembrando que é apenas uma estimativa. Alguns incômodos também podem ser exageros do paciente, como o excesso de gordura. Ao invés de uma lipoaspiração, uma minilipo pode ser indicada. O importante é ser franco com o cirurgião plástico e esclarecer os motivos que te levam a procurar a cirurgia plástica. Realizar esse sonho pode estar mais próximo do que você imagina.