Fale Conosco Pelo Whatsapp

A cirurgia plástica íntima é uma prova de que essa especialidade médica vai muito além da estética. No caso dos procedimentos realizados na vagina, que é uma região que fica escondida na maior parte do tempo, a grande preocupação é com o bem-estar e a qualidade de vida.

Mas afinal, o que muda após uma cirurgia plástica íntima? É isso que você vai descobrir neste post. Então, continue a leitura, descubra quais são os principais procedimentos e seus benefícios para as pacientes. Vamos lá?

Indicações de cada cirurgia plástica íntima

1. Labioplastia ou ninfoplastia

Trata-se do procedimento que reduz o tamanho dos pequenos lábios, localizados na vulva. Em algumas mulheres, eles são tão exagerados que chegam a se projetar para fora dos grandes lábios.

Essa condição causa desconforto durante a relação sexual. Além disso, por se projetarem para fora, eles ficam mais sujeitos à ação de fungos, o que pode causar a candidíase. Então, a ninfoplastia se torna necessária.

2. Flacidez nos grandes lábios

Os grandes lábios também podem ter um tamanho exagerado ou serem flácidos. Eles causam incômodo estético porque formam um volume indesejado. Há várias possibilidades de correção: enxerto de gordura para corrigir a flacidez, retração da pele com laser e a cirurgia que realmente corta um trecho e os deixa no tamanho ideal.

3. Correção do monte de vênus

A maioria das correções do monte de vênus são para reduzir a quantidade de gordura e pele dessa região, que fica acima do púbis. Geralmente, as mulheres não gostam que o volume dessa área fique saliente, marcando a roupa.

Portanto, a correção mais comum é a lipoaspiração. Também pode ser necessário retirar a sobra de pele. Em casos mais raros, mulheres muito magras querem aumentar a região com enxertos de gordura.

4. Perineoplastia como cirurgia plástica íntima

Nessa cirurgia, o médico costura a musculatura da vagina. Assim, ela fica mais apertadinha. Algumas mulheres querem fazer o procedimento para potencializar o prazer durante o sexo. No entanto, em outros casos, a questão é médica: com o assoalho pélvico frouxo, há perda do controle da urina.

5. Reconstrução do hímen

Nessa cirurgia, o médico une os pedaços restantes do hímen, fechando parcialmente na entrada da vagina. Portanto, quando a paciente tiver relações sexuais novamente, ela terá um novo rompimento dessa membrana.

6. Clitoriplastia

Essa é, provavelmente, a mais delicada das cirurgias íntimas. É indicada quando o cirurgião precisa remover excesso de pele da área, quando há problemas de má-formação ou nos casos de reconstrução desse órgão. No entanto, é fundamental ter muito cuidado, pois existem muitas terminações nervosas nessa região e elas devem sofrer o mínimo de danos possível.

Importância da cirurgia plástica íntima

O ser humano tem várias dimensões. Temos a nossa parte física, mental, emocional, espiritual e também os nossos relacionamentos, tanto os sociais e públicos quanto os íntimos.

Eventuais problemas relacionados à vagina, mesmo que seja uma simples insatisfação com a aparência, pode causar desconforto no relacionamento íntimo. Se a mulher sente vergonha de sua região íntima, ela tende a se retrair durante o sexo, por exemplo.

Porém, os problemas não se restringem à estética. A hipertrofia dos pequenos lábios, por exemplo, pode causar desconforto durante a relação sexual. Algumas mulheres relatam que têm mais dificuldade para sentir prazer porque o clitóris fica escondido, sendo menos estimulado.

Também é possível perceber como a perineoplastia melhora a qualidade de vida da mulher. Além de ficar mais apertadinha e, portanto, sentir mais prazer durante o sexo, ela se livra da incontinência urinária. Portanto, é uma questão relacionada à saúde e bem-estar.

Por todas essas razões, é muito importante quebrar o tabu que ainda existe sobre a cirurgia plástica íntima. Assim, se a mulher sente incômodo devido a alguma anormalidade nessa região, ela deve buscar o médico e se informar quanto às soluções possíveis em seu caso.

E você, sabia de todas essas cirurgias plásticas para a região íntima? Gostou do post? Então, siga-nos no Facebook e Instagram para acompanhar nossas novas publicações!

master-health

A Master Health, há mais de duas décadas, alia conforto, segurança e zelo no tratamento de seus pacientes. Adepta do conceito de clínica vertical, a Master dispõe de quatro andares unicamente dispostos ao atendimento, favorecendo a privacidade de cada momento da cirurgia plástica ou tratamento realizado pelo paciente.
Diretora Técnica Dra. Elaine Favano – CRM 42085/SP

Cirurgia Plástica Master Health

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)