Mesmo com uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios, nem sempre é fácil afinar determinadas regiões do corpo. Por isso, muitas pessoas procuram cirurgias plásticas como a lipoaspiração no braço. Dessa forma, elas buscam corrigir o contorno corporal, conquistar uma imagem mais harmônica e ficar de bem com a própria aparência.

Quer saber como essa cirurgia é feita? Vamos contar tudo sobre o procedimento neste post. Confira!

É possível fazer a lipoaspiração no braço?

Sim! Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a lipoaspiração não é feita apenas no abdômen. A mesma técnica é utilizada para reduzir medidas em partes do corpo como costas, braços, coxas e até papada, entre outras possibilidades. Portanto, essa cirurgia é uma aliada de quem planeja melhorar o contorno corporal.

Como é feita a lipoaspiração braço?

A técnica é a mesma utilizada no abdômen: o médico faz pequenas incisões na pele do braço. Geralmente, elas ficam escondidas em dobras e áreas pouco visíveis, além de terem no máximo meio centímetro.

Depois, o cirurgião insere uma cânula por baixo da pele, na região onde a gordura subcutânea fica depositada. Por meio desse instrumento, ele aspira o excesso de tecido adiposo, afinando instantaneamente os braços.

Esse procedimento dura em torno de uma hora e meia. Então, como se trata de uma cirurgia de curta duração, o médico muitas vezes prefere usar anestesia local acompanhada de sedação. Portanto, o paciente dorme enquanto está no centro cirúrgico.

Como é a recuperação da lipoaspiração de braço?

Na maioria das vezes, o paciente é liberado depois de um curto período de observação. Assim, ele consegue completar sua recuperação em casa. É muito importante usar uma malha compressiva nos braços durante 7 dias após o procedimento.

É normal que, logo após a lipoaspiração de braço, o paciente tenha alguns edemas (inchaço) ou apresente manchas roxas. No entanto, eles desaparecem gradualmente em um período de até 10 dias.

A dor dessa cirurgia costuma ser semelhante à de um treinamento físico, que pode ser minimizada com analgésicos. Portanto, a ideia de que a lipo é dolorosa não passa de um mito.

Quando o paciente trabalha utilizando os braços, os médicos recomendam o afastamento das atividades profissionais por cerca de uma semana. Porém, quando suas tarefas não exigem esses movimentos, é possível retornar antes desse período.

A lipoaspiração braço corrige flacidez?

Esse procedimento tem como único objetivo retirar o excesso de gordura que fica sob a pele. No entanto, ele não é recomendado para corrigir a flacidez dessa região. Por isso, muitos médicos preferem não aspirar um volume muito grande de tecido adiposo justamente para não deixar uma sobra de pele ainda maior, criando o efeito “asa de morcego”.

Quando a pessoa tem braços mais volumosos, o ideal é combinar dois procedimentos: a lipo e a braquioplastia. Nessa cirurgia, o médico remove trechos estratégicos de pele, eliminando a flacidez dessa região. Assim, o paciente pode dar um adeus definitivo àquela sobra que balança no momento do “tchau”, causando incômodo.

Finalmente, combinando os procedimentos você terá um resultado completo: fim da gordura localizada e da flacidez nessa região.

Entendeu qual é a diferença entre lipoaspiração de braço e braquioplastia? Ficou com alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários e nós responderemos!