Conquistar o abdômen trincado se tornou uma verdadeira obsessão nas academias. Porém, se perder gordura e definir essa região do corpo não é fácil nem para as pessoas disciplinadas e com grande disponibilidade de tempo para investir nesse projeto, imagine para quem tem uma rotina corrida!

Além disso, fatores genéticos interferem na maneira como o organismo produz massa magra. Por isso, um número cada vez maior de pacientes recorre à lipoaspiração masculina para alcançar o resultado desejado.

Se você nunca havia pensado na possibilidade de fazer uma lipoaspiração ou até já considerou esse procedimento mas ficou em dúvida, este post irá ajudá-lo. Vamos explicar como essa cirurgia é feita, qual é seu objetivo e as diferenças entre a lipo masculina e a feminina. Confira!

Qual é o objetivo da lipoaspiração?

A lipo está entre as cinco cirurgias plásticas mais procuradas pelos homens brasileiros, ao lado da ginecomastia, rinoplastia, e transplante capilar. O objetivo desse procedimento é retirar volumes definidos de gordura localizada, que normalmente é difícil perder apenas com dieta e exercícios físicos. Portanto, a lipo permite que o cirurgião plástico modele o corpo do paciente.

É sempre válido destacar que esse tipo de cirurgia não funciona como um tratamento para a obesidade. Inclusive, o médico pode aspirar no máximo 7% do volume total de gordura corporal. Respeitar esse limite é uma questão de segurança. Então, se o paciente está com um sobrepeso considerável, a lipo não é indicada nesses casos.

Como é feita a lipoaspiração?

Existe mais de um tipo de lipoaspiração, mas todas são uma variação da lipo clássica ou tradicional. Nesse procedimento, o médico realiza pequenas incisões (cortes) de menos de 1 cm na região que será aspirada. Ele procura posicioná-las em dobras naturais da pele, como o umbigo, ou áreas que ficam escondidas sob as roupas íntimas. Assim, as marcas ficam praticamente imperceptíveis.

pós as incisões, o médico usa essas aberturas para inserir canos metálicos muito finos na região que fica entre a pele e os músculos. Essas cânulas são conectadas a um aspirador cirúrgico. Então, o cirurgião movimenta a cânula para quebrar o tecido adiposo e o equipamento suga essas células, eliminando-as imediatamente. Ele deixa apenas uma fina camada para promover a sustentação da área e evitar a flacidez.

A anestesia usada durante o procedimento depende das condições de saúde do paciente e o tamanho da área que será aspirada. Por isso, o médico pode optar pela local assistida, peridural ou geral, conforme cada caso.

Porém, hoje em dia não existe apenas a lipo tradicional. Técnicas como lipoescultura, vibrolipo, lipo a laser, hidrolipo e lipo ultrassônica são cada vez mais utilizadas. Algumas delas agregam os benefícios da lipoaspiração clássica com tecnologias como laser e ultrassom para facilitar a quebra de gordura e retrair a pele, evitando ondulações.

A lipo é um procedimento seguro e as técnicas usadas evoluem a cada dia. Contudo, é preciso escolher bem o médico e o local da operação. Para realizar a lipoaspiração, o cirurgião precisa ter a especialização  ser membro certificado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O hospital deve ter a estrutura necessária para cirurgias de médio porte.

Existem diferenças entre a lipoaspiração masculina e a feminina?

Embora as técnicas usadas sejam as mesmas, elas são aplicadas para obter resultados diferentes. Como você se lembra, o objetivo da lipo é modelar o corpo e garantir um contorno melhor. Portanto, o cirurgião tem o cuidado de fazer esse trabalho de esculpir de acordo com os biótipo adequado para cada gênero.

Vamos usar como exemplo o abdômen. Quando a mulher realiza uma lipo nessa região, o médico provavelmente retirará não só a gordura localizada na região frontal, mas caprichará para deixá-la com a cintura fininha, a verdadeira “cinturinha de pilão”.

Porém, quando o cirurgião faz uma lipoaspiração masculina nessa região, o resultado é completamente diferente. A cintura do homem precisa permanecer reta, porém sem os excessos de gordura ou pneuzinhos que geralmente se formam nesse local.

Então, quando se fala em lipoaspiração masculina, o objetivo é sempre deixar o homem com a forma atlética: ombros e tórax largos, abdômen definido e cintura reta, com uma área estreita de quadril e coxas. Esse é o resultado que os médicos buscam com esse tipo de procedimento.

Quais são as áreas preferidas para a lipoaspiração masculina?

Geralmente, os homens procuram a lipoaspiração para definir o abdômen e retirar o excesso de gordura dos flancos e mamas.

Os flancos são aquela região lateral do abdômen e que tem uma propensão muito grande a acumular gordura. Quem já tentou eliminar esse depósito sabe que, mesmo com dieta e exercícios, ele é muito resistente. Portanto, os métodos tradicionais não costumam ser eficazes para tornear essa área.

O excesso de gordura nas mamas masculinas também incomoda muito. Os homens reclamam que não podem usar uma camiseta mais justa porque ela destaca o volume dessa região e feminiliza a aparência. Até mesmo camisas sociais de tecido um pouco mais fino evidenciam a área, causando constrangimento.

Porém, se o homem está insatisfeito com o volume das mamas ele precisa de uma avaliação mais atenta. Se o problema for causado por ginecomastia, pode ser necessário realizar outro procedimento para garantir um resultado melhor.

Mas não poderíamos deixar de falar da área do corpo preferida para a lipoaspiração masculina: o abdômen. Cada vez mais dispostos a assumir sua vaidade, os homens sonham com a barriga de tanquinho. Aquele efeito dos gominhos (ou six-packs, no inglês), pode ser obtido com a lipo de alta definição, ou lipo

Nesse procedimento, o cirurgião aspira as áreas onde existem depósitos de gordura. Dessa forma, ele consegue evidenciar a parede muscular que estava coberta pelo tecido adiposo. Assim, as saliências e depressões se tornam aparentes, mostrando um abdômen “sarado” ou “trincado”.

Além do abdômen, é possível modelar a cintura e eliminar os pneuzinhos com essa técnica. Também é possível garantir um contorno adequado do dorso, região peitoral e braços (deltoides). Existe ainda um grupo cada vez maior de homens que procuram a lipo para corrigir a papada.

Para quem a lipo masculina é indicada?

Como já falamos, esse tipo de cirurgia não é indicada para tratar a obesidade. Portanto, ela é recomendada para quem já está com o peso ideal ou muito próximo desse índice e quer retirar apenas um pequeno volume de gordura localizada.

Então, vamos exemplificar com uma situação muito comum: um homem saudável, que se alimenta bem e treina, mas não consegue se livrar daquela pochetezinha na frente do abdômen. A lipo é indicada nesses casos, pois conseguirá retirar exatamente essa gordura resistente.

Além disso, é importante destacar que a lipo não é um procedimento definitivo. Por isso, depois da cirurgia o paciente precisa manter hábitos saudáveis para manter o resultado conquistado. Caso contrário, ele engordará novamente e perderá o contorno corporal adquirido.

Entendeu quais são as diferenças entre a lipoaspiração masculina e a feminina? Quer saber mais sobre os procedimentos mais realizados pelos homens no Brasil? Continue aqui no blog e descubra como a procura deles por cirurgias plásticas está aumentando e os resultados que eles querem alcançar com essas intervenções.