Ginecomastia é o nome dado ao problema de mamas masculinas desenvolvidas demais e também à cirurgia plástica de redução. O aumento pode ocorrer em três fases da vida: ao nascer, na adolescência ou na vida adulta.

O procedimento é indicado para maiores de 18 anos, em razão do desenvolvimento pleno do corpo. Algumas técnicas podem ser empregadas para resolver o problema e as mais comuns são: a lipoaspiração nas mamas e a remoção de pele e gordura. A técnica reduz o tamanho da glândula e retira o excesso de gordura, que concedem a aparência de mama feminina, diminui a aréola e devolve o aspecto masculino ao tórax.

Normalmente, a anestesia usada nessa cirurgia plástica é a local, com sedação, e o paciente costuma ter a alta em até 24 horas.