O nome é diferente e, a princípio, pode causar estranheza, mas esta cirurgia é realizada em uma região muito conhecida: o umbigo. Também chamada de umbilicoplastia ela visa restaurar a estética do local em casos de excesso de gordura e pele na região, para quem sofreu com efeito sanfona, após gestação ou pós-obesidade, portadores de hérnia umbilical ou quando o formato do umbigo é inestético.

As incisões realizadas para o procedimento são praticamente imperceptíveis, feitas no fundo do umbigo. Neste momento, o cirurgião plástico remove o excesso de gordura e tecido, remodelando a região para um formato mais natural e atraente. As técnicas variam de acordo com a queixa do paciente e o problema apresentado.

No pós-operatório é comum que a região apresente hematomas e edemas, por isso deve-se evitar a movimentação excessiva e traumas. Uma faixa ou cinta modeladora deve ser utilizada. Após uma semana é possível retornar às atividades de rotina. O procedimento também pode ser realizado em associação a cirurgias como a abdominoplastia.