Elas não estão visíveis, mas toda vez que uma mulher fica nua ou se olha no espelho, pode se incomodar com as deformações nas aréolas dos seios. Os casos mais comuns são da projeção excessiva do bico da mama ou de sua inexistência. Ambos afetam psicologicamente a mulher, prejudicando, inclusive a vida sexual.

O desconforto também é físico para quem tem uma projeção excessiva, uma deformação que não deve ser ignorada, caso incomode a paciente. O interessante é que através de técnicas de mamoplastia é possível dar fim ao incômodo das mulheres e transformar seu corpo.

Cada caso específico deve ser analisado pelo cirurgião plástico, inclusive com a associação da inserção de próteses de silicone nas mamas. Com maior volume e firmeza, a autoestima da mulher será renovada.