Fale Conosco Pelo Whatsapp
Avalie Este Post:

Você já pensou em colocar prótese de silicone? Saiba que este é o sonho de muitas mulheres ao redor do mundo todo. Porém, uma questão que sempre é colocada em pauta no momento de decisão, é justamente se a presença da prótese pode atrapalhar a amamentação.

Saiba que nada é mais importante do que estar por dentro do tema e entender com detalhes o que será modificado em seu corpo. Além disso, ter um bom profissional por perto também é de suma importância, visto que ele será responsável por esclarecer todas as suas dúvidas.

Mas se você deseja engravidar um dia, poderá ter a dúvida: a prótese de silicone pode interferir na amamentação? É sabido que este tema envolve vários mitos, fazendo com que haja muita indecisão e insegurança na hora da realização do procedimento.

Por isso, se você saber um pouco mais sobre a prótese de silicone e se ela influencia ou não na amamentação, leia o post especial que preparamos sobre o assunto. Acompanhe!

Prótese de silicone: é possível amamentar com implante nos seios?

Para que essa resposta seja entendida e que não restem dúvidas, vamos começar explicando um pouco sobre a anatomia das mamas. Depois falaremos sobre os locais por onde as próteses entram e onde ficam posicionadas.

A estrutura das mamas

Para entender melhor se a prótese de silicone afeta a produção de leite, compreender melhor a fisiologia das mamas femininas.

Todas as mulheres possuem glândulas mamárias. Estas estruturas estão localizadas abaixo da pele dos seios, especificamente na região das aréolas. As glândulas são as responsáveis pela produção do leite materno e amamentação do bebê.

Depois que o leite é produzido pelo organismo, ele fica estocado na glândula mamária. Assim, quando a criança faz a sucção das mamas da mãe, o leite é canalizado por meio dos dutos mamários. Até aqui, tudo entendido, certo?

O local da incisão para inserção da prótese

O cirurgião plástico poderá inserir as próteses de silicone através de três locais bem distintos. São eles:

  • pelas axilas,
  • pela base dos seios,
  • pela aréola ao redor dos bicos.

A escolha do procedimento de incisão está relacionada com a técnica de cada médico e com o corpo de cada mulher, especificamente.

O local de inserção da prótese de silicone

No momento da cirurgia, a prótese de silicone pode ser colocada em duas posições. A primeira delas é atrás da glândula mamária (subglandular). A segunda posição é atrás do músculo peitoral, neste caso, chama-se submuscular.

Em ambos os casos, as glândulas mamárias permanecem intactas, o que não altera o processo de produção de leite, muito menos de amamentação por parte da mãe.

O processo de amamentação com o silicone

Após a colocação da prótese de silicone, o procedimento de aleitamento ocorre normalmente. Sendo que não é preciso que a mãe esteja em nenhuma posição específica. Ou seja, a resposta para quem tem dúvida se a prótese de silicone pode interferir na amamentação, a resposta é não, na grande maioria dos casos. Por que na maioria dos casos? Continue lendo…

Quando a prótese de silicone pode atrapalhar a amamentação?

Segundo alguns especialistas, existem poucos casos em que a inserção de próteses pela aréola pode prejudicar a amamentação. Nestes casos, os dutos mamários podem ser atingidos e ficarem entupidos por causa da cicatrização das mamas. Porém, estes são casos raros.

Como amamentar o bebê com segurança tendo implante de silicone?

Se você ficar insegura ao amamentar seu bebê, o mais indicado é conversas sobre isso com seu obstetra, com pediatra e também com o cirurgião plástico que a operou. Tudo isso para que você possa alimentar a criança da maneira mais adequada possível.

A posição para amamentar também não é alterada devido à prótese de silicone. A mais adequada é aquela em que a mamãe se sentir mais confortável. Dessa forma, você pode ficar no estilo cavalinho, deitada ou sentada com o bebê de frente para a sua mama. O mais importante é que você se sinta bem e seu bebê também!

É importante entender também que em alguns casos a mulher não produz leite, mas isso não está relacionado com a presença da prótese. Nestas situações, o que acontece é uma alteração hormonal no corpo da mulher que a impede de produzir leite.

Aqui cabe salientar que é essencial não relacionar estes casos com a presença da prótese, já que não há nenhuma relação entre o problema e a prótese de silicone.

As alterações da mama na gestação

Existe apenas uma ressalva que precisamos mencionar. Se você pensa em colocar prótese de silicone antes da maternidade, o resultado de sua cirurgia pode ser modificado devido à amamentação.

Alterações de tamanho, de formato e de textura podem sim ocorrer. Assim, ao amamentar, é bem possível que sua pele fique muito mais flácida. Por isso é muito comum que as mulheres digam que o “peito caiu” após amamentarem.

Outros problemas que os seios podem sofrer após a amamentação é atrofia do parênquima mamário, estrias, entre outros, mas nenhum deles tem relação com a prótese mamária.

Desta forma, se você pensa em ter filhos em um curto prazo, vale a pena pensar sobre a possibilidade de colocar a prótese somente após o nascimento dos filhos.

Além disso, saiba que você só poderá fazer um procedimento cirúrgico no seu seio depois de seis meses da amamentação. Isso porque, é preciso esperar um tempo para que seu organismo volte ao normal e esteja preparado para a incisão de uma prótese de silicone.

Gostou de saber que a prótese de silicone não influencia na amamentação? Então compartilhe este post com seus amigos em suas redes sociais!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)