Há algum tempo virou sensação entre as famosas como Thalia, Tati Quebra-Barraco e Carol Miranda (sobrinha de Gretchen) a definição da cintura através de um método controverso: a retirada de costelas. A cinturinha de pilão é o sonho de muitas mulheres, mas será que abrir mão dos ossos é arriscado?

Sem os ossos, que protegem os órgãos, no caso rins e baço, ficam expostos. Aliás, esta região é a mais prejudicada quando atingida em acidentes, por isso é fundamental manter os ossos. Em troca de um corpo belo e escultural, algumas mulheres arriscam-se.

Mas não precisa se desesperar: caso você queira ter uma cinturinha finíssima, temos algumas alternativas. A prática de atividades físicas aliada à alimentação saudável trazem bons resultados. Quando a região da cintura e quadril está muito desproporcional, a lipoaspiração ou lipoescultura podem ser analisadas pelo cirurgião plástico.  Ter uma cintura delineada sem prejudicar sua saúde deve ser o principal objetivo.