Cirurgia Dermatológica

Verrugas, fibromas e cistos sebáceos são tipos de lesões benignas da pele. Já os nevos demonstram modificação traumática e espontânea, aumentam de tamanho e mudam de coloração, o que os faz lesões suspeitas. Eles variam de benignos a malignos conforme exame clínico detalhado, que permitirá ao médico especialista sugerir a remoção pela cirurgia dermatológica e encaminhamento do material a um laboratório para análise. Lesões de pele como verrugas e pintas que demonstram uma só tonalidade e bordas definidas podem ser submetidas à cirurgia dermatologia, de acordo com indicação médica.

A cirurgia dermatológica ainda pode ser associada a tratamentos complementares como laser CO2 e a betaterapia, tratamentos que tendem a amenizar a reincidência e alterações na cicatrização do procedimento. No caso da betaterapia, um tipo de radiação é usado para anular a proliferação anormal de células colágenas, responsáveis pela cicatriz queloidiana.

Nevos
Popularmente conhecido como mancha e pinta, o termo nevo utilizado pela Medicina diz respeito a manchas congênitas e adquiridas, nem sempre benignas, podendo, em alguns casos, evoluir para melanomas.

Biópsia
Algumas doenças da pele só podem ser realmente diagnosticadas a partir do exame de biópsia. Para isso, é necessária a remoção de um fragmento e, consequentemente, 2 ou 3 pontos de sutura. Caso estejam localizados na face, eles se dissipam rapidamente num tempo médio de uma semana. Se localizados em outras áreas, o período pode se estender por até 15 dias. A lesão, após ser removida, é enviada a um laboratório para análise.

Anestesia
A anestesia empregada na cirurgia dermatológica é, normalmente, a local com uso de leve sedação. Com o uso desta anestesia, considerada mais leve em comparação com a geral ou a peridural, o paciente é liberado do hospital em poucas horas.

Riscos
Um procedimento como a cirurgia dermatológica ou qualquer outra cirurgia possui o mesmo risco que o de atravessar uma via com permissão do sinal de pedestres. É possível que surjam pequenos edemas e hematomas na região tratada.

Pré-operatório
Seguir as recomendações médicas é imprescindível para o bom andamento do procedimento. Por isso, seguem algumas dicas sobre o que fazer nos dias que antecedem sua cirurgia dermatológica:
- Chegue no horário informado de sua internação;
- Respeite o período de jejum;
- Comunique ao médico, o quanto antes, qualquer anormalidade em sua saúde física e psicológica;
- Não use maquiagem no dia da internação;
- Evite o uso de brincos, alianças e outros acessórios;
- Evite fumar, ingerir bebidas alcoólicas e comidas gordurosas nos dias que antecedem sua cirurgia dermatológica;
- Informe seu médico sobre as medicações das quais você faz uso e siga as instruções de seu especialista acerca da ingestão delas.

Pós-operatório
Após a cirurgia dermatológica é comum que a região apresente edemas e que alguns curativos estejam em uso. Sendo assim:
- Use protetor solar;
- É possível usar compressas de solução fisiológica fria;
- Mantenha sua alimentação normal e equilibrada;
- Evite alterações climáticas e exposição à luz solar;
- Obedeça as recomendações médicas e realize seu retorno conforme indicação de seu especialista. O retorno ao médico é um dos elementos essenciais para se obter um resultado adequado e realizar a boa manutenção de sua cirurgia dermatológica.

Somos especialistas em cirurgia plástica!

Venha fazer parte dessa história de mais de 20 anos de sucesso da Master Health

Palavra Sim

Quero fazer minha

cirurgia plástica

Informe seus dados e a Master Health entrará em contato com você.

PASSO 1 DE 2
Quero fazer minha
Cirurgia Plástica!

ÚLTIMO PASSO

PASSO 2 DE 2

Eventos Master Health

Veja os destaques dos nossos eventos


Quero Fazer uma plástica

Um dos consultores da Master Health entrará em contato com você.

Nome completo inválido

Telefone ou celular inválido

Email inválido

POLÍTICA DE PRIVACIDADE
Localização
Localizacao

Av. Paulista, 491

Conjunto 73/74 - 7º andar, Cerqueira César São Paulo - SP

LocalizacaoPróximo ao Metrô Brigadeiro