Fale Conosco Pelo Whatsapp

Vivemos em um país tropical. Por isso, independentemente do período do ano, é comum usarmos roupas que deixam o corpo mais exposto. Algumas mulheres têm, então, a oportunidade de ostentar coxas lindas e bem torneadas. No entanto, para muitas outras, a flacidez nas pernas é um problema que causa incômodo e pode prejudicar a autoestima.

E como são as suas pernas? Você está satisfeita com a aparência delas? Suas coxas são firmes ou, além da pele flácida, aquele excesso de pele perto do joelho a incomoda? Neste post, vamos falar sobre esse assunto. Então, continue a leitura e descubra como prevenir e solucionar esse problema.

Qual é a causa da flacidez nas pernas?

Ao contrário do que as pessoas pensam, não existe uma única causa para a flacidez nas pernas. Em alguns casos, o problema acontece porque os músculos perderam a tonicidade (firmeza). Porém, essa situação tem uma solução mais simples, que é a prática de exercícios físicos.

No entanto, em outras pessoas a flacidez é tissular. Isso significa que foi a pele que perdeu sua elasticidade. Portanto, nesses casos, o exercício físico não é suficiente para acabar com a flacidez, pois a pele não volta à sua forma original. Assim, a única solução é a cirurgia plástica.

Por que a pele perde sua elasticidade?

A flacidez é um processo que tem diversas causas. A genética pode predispor uma pessoa a perder a elasticidade da pele mais rapidamente. Porém, ela não é o fator predominante. Grandes variações de peso, o hábito de fumar, baixo consumo de água e alimentação inadequada também contribuem para acentuar ou acelerar esse problema.

O processo de perda de elasticidade é bem conhecido pela Medicina. Naturalmente, à medida em que envelhecemos, o nosso organismo reduz o ritmo da síntese proteica. Portanto, ele não consegue mais produzir proteínas para repor essas substâncias no corpo tão rápido quanto elas se degradam.

Então, quando somos jovens, proteínas como o colágeno e a elastina, responsáveis pela firmeza da pele, se degradam. No entanto, o corpo consegue fazer a reposição no mesmo ritmo da perda. Assim, continuamos com a aparência jovial.

Já nas pessoas de mais idade, essa perda também acontece. Porém, o corpo não consegue fazer essa reposição com eficiência. Como resultado, a pele se torna flácida como um tecido elástico que fica com sua trama aberta, esgarçada.

A situação se torna ainda pior quando a pessoa tem grandes variações de peso. Quando isso acontece, a pele é esticada além do limite que consegue voltar ao seu formato original, acentuando a flacidez.

Como evitar a flacidez?

Ninguém tem controle sobre os fatores genéticos, que são herdados. No entanto, todos temos a possibilidade de adotar hábitos saudáveis, que permitem manter a pele firme por um período maior de tempo. As principais recomendações são:

  • Evite variações de peso, pois elas fazem com que a pele se estenda além do limite de retração.
  • Evite também o cigarro, pois ele prejudica a circulação. Então, se as células da pele não recebem oxigênio e nutrientes em quantidade suficiente, elas sofrem com a degradação do colágeno e elastina muito mais rapidamente
  • Realize exercícios para manter a musculatura tonificada.
  • Consuma água na quantidade ideal para seu peso (cerca de 35 ml por quilograma) e tenha uma alimentação saudável. Não se esqueça de fazer a ingestão adequada de proteínas também.
  • Hidrate sua pele utilizando bons cremes. Eles minimizam o efeito das agressões externas (sol, poluição etc). Esses produtos ainda ajudam a criar uma barreira que preserva esse órgão, desacelerando o desgaste natural.

Como corrigir a flacidez nas pernas?

Quando a flacidez é tissular (da pele), não existem tratamentos estéticos para solucioná-la. Portanto, a única alternativa é a dermolipectomia, uma cirurgia plástica conhecida também como lifting de coxas.

Nesse procedimento, o cirurgião plástico retira os excessos de pele das pernas, remodelando-as. Assim, elas ficam firmes e torneadas outra vez. As cicatrizes são escondidas na região da virilha e, em alguns casos em que a flacidez é muito acentuada, na parte interna das coxas. Lembre-se que é fundamental buscar um profissional certificado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para garantir sua segurança.

E você, já sabia que existe uma cirurgia plástica para solucionar a flacidez nas pernas? Quer saber mais sobre a dermolipectomia? Confira nosso artigo sobre esse assunto e tire suas dúvidas!

master-health

A Master Health, há mais de duas décadas, alia conforto, segurança e zelo no tratamento de seus pacientes. Adepta do conceito de clínica vertical, a Master dispõe de quatro andares unicamente dispostos ao atendimento, favorecendo a privacidade de cada momento da cirurgia plástica ou tratamento realizado pelo paciente.
Diretora Técnica Dra. Elaine Favano – CRM 42085/SP

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)