O bumbum brasileiro é bem conhecido internacionalmente, e o biótipo mais comum no país é o de mulheres que têm um derrière mais avantajado. Porém, para quem não foi agraciado com uma genética favorável, também existe solução: a prótese de glúteo.

No entanto, se você pensa que só as mulheres procuram a cirurgia plástica para aumentar o bumbum, está enganado! Homens também têm recorrido à gluteoplastia para dar volume a essa região, deixando o corpo mais proporcional e atraente.

Diante do aumento do interesse nessa cirurgia, surge a pergunta: como são os implantes usados na gluteoplastia? Para tirar essa dúvida, fizemos este post. Confira a resposta!

De que é feita a prótese de glúteo?

A prótese de glúteo também é feita de gel coesivo de silicone. Porém, por ficar em uma região do corpo mais propensa a impactos e que suporta o peso do corpo em boa parte do tempo, ela é feita com uma variação ainda mais resistente e distensível.

Isso significa que, para romper uma prótese de glúteo, o impacto teria que ser muito forte. Portanto, esse nível de resistência torna a vida do paciente no pós-operatório bastante segura, pois ele pode realizar todas as suas atividades de rotina sem se preocupar com uma ruptura.

As próteses de glúteo são todas iguais?

Assim como acontece nos implantes mamários, as próteses de glúteos também têm formatos diferentes. Veja quais são as indicações:

Prótese de glúteo redonda

A prótese redonda, também conhecida como de projeção única, têm o formato de uma esfera cortada ao meio. Portanto, ela preenche toda a região do bumbum onde é colocada de forma uniforme.

Por isso, a prótese de glúteo redonda costuma ser mais indicada para pessoas de baixa estatura, que têm a nádega curta. Assim, o resultado é um bumbum perfeito e bem arredondado.

Prótese de glúteo assimétrica

No entanto, os biótipos das pessoas são bastante diferentes. Também existem aquelas que, além de uma estatura média ou alta, têm as nádegas mais alongadas.

Nesses casos, uma prótese redonda ficaria muito estranha. Ela formaria uma bola bem no meio do bumbum, criando um resultado totalmente artificial.

Por isso, existem próteses de silicone adequadas a esse tipo de corpo. Elas são chamadas assimétricas, ovais ou anatômicas. Na parte superior, que ficará próxima às costas, o implante é bem menos espesso. O volume aumenta gradualmente em direção à parte de baixo, onde fica realmente arredondado.

A prótese anatômica tem o formato parecido com o de uma gota. Assim, ela garante mais volume na parte inferior do bumbum. Os fabricantes produzem esses implantes com perfil alto (mais preenchimento) ou baixo (menos preenchimento).

Para escolher o modelo adequado para cada paciente, o médico leva em consideração suas características físicas. O objetivo é sempre adicionar o volume que a pessoa deseja, mas criando um resultado natural e proporcional, de acordo com outras características do corpo.

Pronto, agora você já sabe do que é feita a prótese de glúteo e os formatos disponíveis. Quer entender melhor o procedimento que aumenta e modela o bumbum? Então, continue aqui no blog e leia o nosso post completo sobre a gluteoplastia!

master-health

A Master Health, há mais de duas décadas, alia conforto, segurança e zelo no tratamento de seus pacientes. Adepta do conceito de clínica vertical, a Master dispõe de quatro andares unicamente dispostos ao atendimento, favorecendo a privacidade de cada momento da cirurgia plástica ou tratamento realizado pelo paciente.
Diretora Técnica Dra. Elaine Favano – CRM 42085/SP

Cirurgia Plástica Master Health


Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)