“Cuidando da sua autoestima!”

A Master Health é uma clínica especializada em cirurgia plástica e tratamentos estéticos, que está no mercado há mais de 20 anos. A Master conta com mais de 20 equipes médicas para a realização de procedimentos cirúrgicos à sua escolha.

Cirurgia PlásticaCirurgia do Ronco

Cirurgia Plástica

Cirurgia do Ronco

O tratamento mais indicado para o ronco até poucos anos era a traqueostomia, mas felizmente, com os aprimoramentos médicos, essa técnica foi substituída pela uvopalatofaringoplastia ou uvulopalatoplastia por laser e até, mais recentemente, por ondas de radiofrequência. Geralmente, essas técnicas são utilizadas em pacientes com obstrução da orofaringe.

 

A técnica
 
A cirurgia do ronco é, principalmente, indicada em casos graves de ronco e apneia do sono. A técnica consiste em uma cirurgia plástica da garganta, tendo como objetivo aumentar o diâmetro das vias aéreas e reduzir a vibração ocasionada pela passagem de ar. O cirurgião remove os tecidos em excesso da garganta, promovendo de maneira imediata a facilitação de passagem ao ar.
 
O sono
 
Aproximadamente 1/3 da vida humana é passada dormindo. O sono é um período com diferentes estágios, portanto, não é um processo passivo.
 
Alguns distúrbios de sono fazem com que o médico recomende um registro polissonográfico, o qual acompanha todas as alterações durante o sono de determinado paciente.
 
Fases do sono e registro polissonográfico
 
Fase 1: ao se fechar os olhos, a respiração torna-se uniforme, os músculos distendem e a atividade cerebral fica mais lenta do que no estado de vigília. Essa fase costuma corresponder a 2% até 5% do sono.
 
Fase 2: as ondas cerebrais ficam ainda mais lentas, a pessoa já dorme, porém não profundamente. O estágio dura cerca de cinco a quinze minutos e ocupa quase 50% do sono.
 
Fase 3 e 4: nessas fases é difícil acordar a pessoa que dorme, pois este é o período mais profundo do sono. Tem duração média de 70 minutos, mas retorna para a fase 2 para adentrar a fase REM, caracterizada pelos movimentos rápidos dos olhos.
 
Ciclo do sono
 
É o nome dado ao conjunto das quatro fases do sono (1, 2, 3/4 e REM). Este ciclo tem duração total de 90 a 100 minutos, sendo repetido de 4 a 5 vezes durante o sono.
 
Fase REM e Não REM
 
A fase REM é caracterizada pelo momento em que se sonha e pode ser definida como o estágio que possui maior atividade cerebral e pela suspensão de atividade motora do corpo, pois todos os músculos do organismo passam por uma atonia, exceto o diafragma e os músculos oculares. É comum, nessa fase, o controle inadequado da temperatura corporal, entre outros. Esta fase ocupa cerca de 25% do tempo de sono.
 
A fase não REM é caracterizada por uma relativa tranquilidade nas atividades cerebrais e movimentos corporais. O ciclo se repete cerca de 4 a 5 vezes para que o período de sono seja reparador. O sono profundo costuma corresponder apenas à primeira metade da noite, enquanto as fases 1, 2 e REM fazem parte da segunda metade do sono. O paciente, ao despertar na fase REM, consegue recordar de seu sonho.
 
Período de sono
 
O tempo que cada indivíduo deve dormir varia de acordo com sua necessidade de sono, idade e até fatores genéticos. Os recém-nascidos dormem cerca de 18 horas por dia, as crianças de 8 a 14 anos dormem até 11 horas seguidas, sendo que os pré-adolescentes possuem maior qualidade de sono, pois o mesmo passa a maior parte na fase 3/4.
 
É comum que um adulto necessite de 7 a 8 horas de sono, enquanto um idoso tende a dormir cerca de 5 horas.
 
Interferências ambientais
 
Ruídos: ativam o sistema nervoso, não permitindo que o indivíduo repouse de maneira adequada.
 
Luz: algumas pessoas apresentam sensibilidade à luz, sendo perturbadas durante o sono com luzes até de pouca intensidade.
 
Temperatura: é importante que a pessoa durma em um ambiente confortável. Sensações de frio e calor podem causar interferências significativas na qualidade do sono.
 
O ronco
 
Ronco é o nome dado ao ruído produzido pela passagem da respiração nas vias aéreas parcialmente obstruídas durante o sono. Pesquisas revelam que um em cada três adultos ronca durante algumas noites na semana, a maioria do sexo masculino com mais de 40 anos.
 
Causas do ronco
 
Obesidade, aumento das amídalas e das adenóides, deformidades no nariz, fumo e alergias são alguns distúrbios que podem causar o ronco, assim como o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e refeições pesadas antes de dormir.
 
Apneia Obstrutiva do Sono
 
Em alguns pacientes, o ronco é ocasionado pelo distúrbio denominado Apneia Obstrutiva do Sono. Nestes casos, as vias aéreas são obstruídas pelos tecidos da garganta, impossibilitando a respiração e resultando em roncos altos seguidos por períodos sem qualquer passagem de ar, que podem durar de 10 segundos a um minuto.
 
Pré-operatório
 
É recomendada a avaliação cardiológica completa, além da consulta com endocrinologista e pneumologista.
 
Pós-operatório
 
É apenas requisitada a manutenção no tratamento necessário. Seja ele com fonoaudiólogo, endocrinologista, otorrino, entre outros profissionais médicos.
 
Resultado
 
O resultado jamais será um êxito total se não houver um comprometimento do paciente em dar continuidade ao tratamento.
 

Resumo técnico

Nome técnico: uvopalatofaringoplastia ou uvulopalatoplastia
Parte do corpo: garganta
Idade recomendada: a partir dos 18 anos
Anestesia: geral
Duração da cirurgia: em média 2 horas
Permanência na clínica: de 1 a 2 dias
Cicatriz: não é visível
Pré-operatório: exames de laboratório
Pós-operatório: repouso relativo
Tempo de recuperação: 20 dias
 

Dúvidas Frequentes

Qual anestesia é utilizada no procedimento?
Geral.
 
A cirurgia do ronco exige internação?
Depende da extensão e da correção a ser realizada pela cirurgia.
 
Posso falar após o procedimento?
Sim.
 
Sentirei dor?
A cirurgia é levemente dolorida, mas ainda assim é possível amenizar as possíveis dores.
 
Em quanto tempo posso retornar às minhas atividades?
Em média 10 dias.
 
Precisarei usar um curativo?
Não.
 
É feito algum corte externo?
Não.
 
Dicas para um sono melhor
 
- Procure despertar e dormir sempre nos mesmos horários.
- Procure dormir num ambiente silencioso, escuro e de temperatura confortável.
- Evite ingerir bebidas alcoólicas.
- Evite ingerir bebidas estimulantes, como as que contêm cafeína.
- Não fume.
- Evite assistir televisão meia hora antes de ir para cama.
- Coma coisas leves, principalmente antes de dormir.
- Jamais se automedique.
- A atividade física deve ser realizada regularmente pelo menos 4 horas antes de dormir.
É importante!
Cadastre-se e a Master Health entra em contato com você!!

Vou fazer uma plástica!

Um dos consultores da Master Health entrará em contato com você.

Clique e ligue | (11) 3372-1900
Acesse nosso Whatsapp
Acesse nosso Telegram
localizacao

Av. Paulista, 491 conj. 73/74 - 7° andar - Cerq. Cesar - SP CEP:01311-000

Master Health® 2014 Todos os direitos reservados

Diretora Técnica Dra. Elaine Favano - CRM 42085/SP

Fale conosco! | (11) 3372-1900

vou fazer chat