Fale Conosco Pelo Whatsapp

Eliminar a gordura localizada é o sonho de muitas pessoas. Ao prometer esse resultado sem cirurgia, sem anestesia e sem pós-operatório, a lipo sem cortes se torna um objeto de desejo.

Mas será que realmente é possível eliminar a gordura localizada com a lipo sem cortes? Neste post, você vai descobrir tudo sobre esse procedimento, se é seguro, seus resultados e se vale a pena investir nessa solução. Confira!

O que é a lipo sem cortes?

Na verdade, a lipo sem cortes não é uma lipoaspiração. Portanto, não se trata de uma cirurgia, e sim de um tratamento estético realizado com um aparelho.

O nome veio por associação. Afinal, o equipamento promete realizar o mesmo sonho que a lipoaspiração ― eliminar a gordura localizada e reduzir medidas.

Lipoaspiracao Master Health

O verdadeiro nome do procedimento é lipocavitação. No próximo tópico, você vai entender qual é o efeito dele sobre o organismo.

Como funciona a lipo sem cortes?

O profissional faz a lipocavitação com um aparelho de ultrassom. Primeiro, ele prepara a pele com a aplicação de um gel potencializador.

Em seguida, ao passar o aparelho sobre a pele, ele libera ondas sonoras inaudíveis. No entanto, essas ondas penetram na pele e chegam até o tecido de gordura.

Ao chegar no tecido de gordura, o ultrassom cavitacional exerce uma pressão. Essa pressão promove uma movimentação que rompe a membrana e quebra essas células.

Com sua membrana rompida, a célula libera a gordura armazenada dentro dela. Essa gordura se decompõe em duas substâncias diferentes.

A primeira parte se transforma em ácidos graxos livres. Portanto, essa substância deixa de ser estocada na célula e fica disponível para que o corpo a reaproveite como energia.

Já a outra substância é o glicerol, que se converte em água. Assim, ela será eliminada pela urina, transpiração e outros mecanismos de liberação de líquidos.

Onde a lipocavitação pode ser feita?

A lipocavitação pode ser feita em diversas áreas do corpo que geralmente acumulam mais gordura. Portanto, ela permite tratar o abdômen, culote, flancos e região das axilas, perto do sutiã.

Quanto aos braços e coxas, existe uma controvérsia. Embora alguns profissionais recomendem o tratamento, outros afirmam que ele aumenta a flacidez nessas regiões.

A lipocavitação pode ser comparada a uma lipoaspiração?

Na verdade, não. os dois procedimentos são completamente diferentes. Eliminar a gordura sem dor parece ser uma ideia muito atraente, mas vale a pena observar os seguintes pontos:

A lipocavitação não é feita em uma única sessão

Para obter bons resultados, a pessoa precisa fazer diversas sessões de lipocavitação. Portanto, apesar de ser um procedimento menos agressivo, o resultado também é mais demorado, demandando entre 5 a 10 sessões por área.

A lipocavitação não elimina todos os tipos de gordura

O tratamento é indicado para eliminar um tipo de gordura não espessa. Então, ele não atende às necessidades de diversos pacientes que realmente precisam de uma lipoaspiração.

O resultado depende de outros procedimentos

Uma parte da gordura liberada no procedimento irá para o sistema linfático. Portanto, sua total eliminação do organismo dependerá da realização de exercícios físicos ou drenagem linfática. Também existem profissionais que recomendam a corrente russa.

É fundamental que a pessoa realize atividades físicas em até 24 horas após o tratamento. Afinal, o ultrassom liberou a gordura para que o corpo a utilize como fonte de energia.

Se não há queima dessa energia por meio do exercício, o corpo pode acumular a gordura novamente. Em outros casos, a falta de atividade gera outras complicações de saúde.

A lipo sem cortes pode colocar o fígado em risco

A gordura liberada das células circulará pelo corpo. Então, se não for eliminada com eficiência, ela sobrecarregará principalmente o fígado.

Também não se recomenda que pessoas com o colesterol alto façam o procedimento. Afinal, essa gordura circulará na corrente sanguínea e pode agravar o caso.

Existem contraindicações para a realização de lipo sem cortes

Nem todas as pessoas podem realizar a lipocavitação. Além de pacientes com colesterol alto, o procedimento é contraindicado para gestantes, diabéticos, obesos, hipertensos, doentes celíacos e pessoas com inflamações na área que precisa ser tratada.

A lipocavitação não é um tratamento da obesidade

Assim como a lipoaspiração cirúrgica, a lipocavitação não oferece um tratamento para a obesidade. Aliás, essa condição clínica está entre suas contraindicações.

O único objetivo do procedimento é a modelagem corporal e redução da gordura em áreas específicas. Portanto, a lipo sem cortes não promove a perda de peso.

Afinal, é melhor fazer uma lipoaspiração ou uma lipo sem cortes?

Mesmo que você tenha muito medo da cirurgia, é importante pensar em todos os aspectos dessa decisão, pesando os pontos positivos e negativos. Por isso, selecionamos alguns fatos importantes sobre a lipoaspiração.

Solução rápida com a lipoaspiração

Na lipoaspiração cirúrgica, o paciente retira toda a gordura possível em uma única sessão. Portanto, ele não precisa estender esse processo e demorar 10 semanas para concluir o tratamento.

Mesmo contando o período pós-operatório, o paciente vê o resultado da lipoaspiração mais rápido do que se optar por uma sequência de sessões de lipocavitação.

Eliminação da gordura da região operada

Além disso, na lipoaspiração a gordura é realmente retirada do organismo por meio da sucção. Ela não será, em nenhuma hipótese, reabsorvida pelo corpo e nem depende de outros procedimentos para sua eliminação.

Destruição de células de gordura

Vale a pena destacar que, nos movimentos de vaivém com a cânula, o médico destrói um grande número de células de gordura e seus núcleos.

Portanto, mesmo entre aquelas que permanecem no local, a maioria perde sua capacidade de crescer novamente devido à perda do núcleo.

Incisões pouco perceptíveis ou invisíveis

Atualmente, as cânulas usadas na lipoaspiração são bem finas. Assim, o médico faz incisões realmente muito pequenas para inseri-las debaixo da pele, com cerca de 4 ou 6 milímetros.

Além disso, o médico sempre procura fazer essas incisões em dobras naturais da pele. Então, as cicatrizes ficam escondidas no umbigo, na axila e outras regiões menos visíveis do corpo.

Maior controle dos resultados

Na lipocavitação, o profissional aplica o ultrassom com o uso do equipamento e espera que o corpo provoque a reação desejada. Assim, por mais que o tratamento seja eficiente, não há um grande controle.

Durante a lipoaspiração, o médico tem um controle muito maior sobre o processo. Portanto, ele pode realmente tirar mais gordura de uma região e menos gordura de outra, modelando a silhueta do paciente.

Esse “detalhe” pode fazer uma grande diferença no resultado. Afinal, não se trata simplesmente de eliminar gordura, mas deixar o corpo bem delineado e proporcional.

Agora você já sabe o que é a lipo sem cortes, quais são suas vantagens e desvantagens. Quer saber mais sobre a lipoaspiração? Confira o nosso Guia Completo e tire todas as suas dúvidas sobre essa cirurgia!

master-health

A Master Health, há mais de duas décadas, alia conforto, segurança e zelo no tratamento de seus pacientes. Adepta do conceito de clínica vertical, a Master dispõe de quatro andares unicamente dispostos ao atendimento, favorecendo a privacidade de cada momento da cirurgia plástica ou tratamento realizado pelo paciente.
Diretora Técnica Dra. Elaine Favano – CRM 42085/SP

Cirurgia Plástica Master Health


Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

    (Preencha, envie e aguarde a confirmação)

    Quer saber mais ? Confira todos os posts do nosso blog sobre lipoaspiração Clique aqui.