Fale Conosco Pelo Whatsapp

Aumentar os seios é o sonho de muitas mulheres. Porém, tão importante quanto obter um volume maior e um decote marcado é a harmonia do resultado. Por isso, existem modelos de prótese de silicone diferentes. O objetivo de toda essa variedade é justamente deixar as mamas em um formato e tamanho adequados para o biótipo de cada paciente.

Quer saber quais são os modelos de prótese de silicone e quando eles são indicados? Então, continue a leitura! Vamos explicar tudo que você precisa saber sobre esse tema. Confira!

Modelos de prótese de silicone: redonda

A prótese redonda é a mais utilizada no Brasil. Ela tem o diâmetro da base mais largo e o silicone é distribuído de maneira uniforme, formando um semicírculo perfeito. Assim, ela deixa a mama bem preenchida e arredondada, turbinando os seios de forma bastante natural.

Portanto, a prótese de silicone redonda é a mais indicada para grande parte das mulheres. Quando a paciente tem o tronco proporcional à sua altura e quadril, ela é a melhor opção. Então, como você pode perceber, esse é um modelo muito compatível com o biótipo típico das brasileiras.

Modelos de prótese de silicone: cônica

A prótese cônica é um pouco diferente da redonda. Ela tem o diâmetro da base mais estreito e o silicone fica concentrado no centro, tornando-a levemente pontuda e não arredondada. Portanto, esse tipo de implante mamário consegue uma projeção considerável para a frente.

Por ter a base mais estreita, a prótese cônica é geralmente indicada para mulheres que têm o tórax estreito. Ela se ajusta bem ao espaço disponível. Assim, ela aumenta os seios para a frente, sem deixar as laterais do implante evidentes.

Modelos de prótese de silicone: anatômica

A prótese anatômica tem o formato de uma gota. Então, o silicone fica mais concentrado na parte de baixo do implante, exatamente como acontece com uma mama natural. Por isso, muitas mulheres pensam que ela é o modelo ideal para a mamoplastia de aumento. Porém, isso definitivamente não é verdade.

A prótese anatômica não preenche bem os seios, deixando-os arredondados e volumosos. Assim, ela não é utilizada nas mamoplastias de aumento com finalidade estética. No entanto, elas são muito úteis nas cirurgias para reconstituição da mama.

Portanto, ela é bastante utilizada por pacientes que tiveram que retirar o seio devido a problemas de saúde, como o câncer. Ao ser colocada nessas mulheres, ela consegue um resultado bastante natural, fazendo com que elas recuperem a autoestima.

Embora essas sejam as principais indicações dos diferentes modelos de prótese de silicone, a verdade é que a escolha deve ser feita com o auxílio do médico. Ele é o profissional com expertise para avaliar todas as variáveis e chegar ao formato mais compatível com seu biótipo, deixando seu corpo proporcional.

Além do modelo, o cirurgião avalia também o perfil da prótese e seu volume. As combinações são praticamente infinitas, o que garante que haja um implante ideal para garantir um resultado perfeito para você.

Quer saber mais sobre a mamoplastia de aumento e outras cirurgias plásticas? Acompanhe nossos posts no Facebook e Instagram!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)