Se você já colocou silicone há algum tempo ou pensa em colocar próteses, leia o texto a seguir para se informar sobre esse tema que gera dúvida entre pacientes

Ao planejar uma cirurgia plástica para aumento das mamas com inserção de próteses de silicone, uma das preocupações das mulheres é com o prazo de validade das mesmas. Quanto mais a tecnologia evolui, menores são as chances de que os implantes percam suas características originais. Então, operando uma vez na vida, terei resultados incríveis para sempre?

Não é bem assim… Apesar de obter um resultado satisfatório do ponto de vista estético no momento em que você realizou a cirurgia, seu corpo não paralisa o envelhecimento, ou seja, as próteses não evitam a flacidez que pode surgir com o passar dos anos. Daqui a alguns anos, você pode precisar de uma nova prótese ou de uma cirurgia complementar que traga o resultado desejado.

Fatores que influenciam na troca da prótese de silicone

No caso de emagrecimentos ou do efeito sanfona, a mama pode sofrer uma ptose e o lifting se faz necessário. No caso de um ganho de peso, as próteses também podem sofrer um mau posicionamento que obrigam o paciente a realizar uma troca. Em outras situações, ela pode ficar em desarmonia com o novo corpo.

A indicação da substituição da prótese pode ser feita pelo cirurgião plástico conforme acompanhamento e exames de rotina que detectam essa necessidade, além do desejo da própria paciente.