Foi-se o tempo em que as mulheres desfilavam seus corpos sem retoques durante o Carnaval. A cada ano que passa, as musas da folia investem mais pesado para obter um corpo digno do posto de Rainha do Carnaval, afinal, ninguém quer fazer feio na avenida, né?

Para manter um corpo escultural, uma das cirurgias plásticas preferidas é a lipoescultura, que aspira a gordura de áreas indesejadas, como culote, flancos ou barriguinha e insere na região glútea, por exemplo. Como a gordura utilizada é do próprio paciente, não há risco de rejeição do material pelo corpo.

Símbolo da feminilidade, os seios também são valorizados, muitas vezes por próteses de silicone, que variam de tamanho e perfil. O formato redondo é o mais utilizado, porque é simétrico em suas dimensões e preenche igualmente todos os espaços da mama, inclusive do tórax.

Além do corpo, como um todo, o rosto merece todos os flashes, por isso, a rinoplastia modela o nariz de uma Rainha para que ela brilhe ainda mais durante o desfile. O importante, em qualquer cirurgia, é obter o resultado mais natural possível e que promova um equilíbrio com as proporções da paciente. Aí, então, é só se jogar na avenida.