O cuidado com a aparência não é mais uma preocupação majoritariamente feminina. Os homens estão ficando mais vaidosos com o passar dos anos. Com isso, assuntos como moda, cosméticos, alimentação saudável e até mesmo as cirurgias plásticas, também são recorrentes no universo masculino. Uma delas é a lipoescultura masculina.

Segundo dados da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), a procura dos homens por intervenções cirúrgicas aumentou em 400% nos últimos anos — um número assustadoramente expressivo.

A procura vai de cirurgias para redução do peitoral à lipoaspiração e ainda aumentar o peitoral ou os glúteos. Porém, um dos procedimentos mais procurados é a lipoescultura. Isso porque, essa é uma das melhores formas para definir o abdômen e se livrar de vez daquelas gordurinhas localizadas que nunca vão embora — nem mesmo com treinos intensivos.

É por isso que neste post, falaremos exclusivamente sobre a lipoescultura, uma das cirurgias plásticas mais buscadas tanto por mulheres quanto por homens. Acompanhe!

Como é feita a lipoescultura masculina?

A lipoescultura é um procedimento estético que tem como objetivo eliminar as gorduras localizadas ao mesmo tempo em que modela o corpo.

No corpo masculino em especial, a lipoescultura remove a gordura que fica entre a pele e o músculo proporcionando, assim, uma aparência muita mais definida para o abdômen.

Tecnicamente, não há diferenças entre o processo realizado em homens e mulheres, o que muda, e deve ser respeitado, é o bom senso estético. Isso porque, para esculpir o contorno corporal masculino não são feitas tantas curvas como são feitas nas mulheres.

O resultado da lipoescultura nos homens deve ser mais equilibrado na relação entre tórax, abdome e quadril.

Em ambos os sexos, o procedimento é feito em duas fases, a retirada de gordura (lipoaspiração) e a reinserção dessa gordura em outro local.

Primeira fase da lipoescultura: lipoaspiração

Primeiramente, é realizada uma lipoaspiração, onde a gordura retirada é tratada — para ser separada do sangue que por ventura foi aspirado e de qualquer elemento que possa haver nela.

É só quando essa gordura está pura que o médico cirurgião plástico a pode inserir novamente no corpo.

Segunda fase da lipoescultura: realocação da gordurosa

Nessa etapa, é feita a inserção do tecido gorduroso em um novo lugar para gerar volume e definição. Em geral, as áreas mais escolhidas pelos homens são os glúteos, o peitoral, os braços e os tornozelos.

A duração da cirurgia está totalmente ligada à sua complexidade, mas geralmente dura cerca de quatro horas. A anestesia pode ser local ou geral, e sempre é aplicada com a sedação. O processo não exige internação, e o paciente pode receber alta no mesmo dia, ou no dia seguinte a cirurgia.

Quanto tempo dura a lipoaspiração masculina?

Assim como qualquer outra cirurgia, a lipoescultura possui certos riscos que vão desde detalhes simples como inchaço prolongado e seromas (acúmulo de líquido embaixo da pele), aos mais complexos e graves, como a trombose venosa profunda e a embolia pulmonar.

Por isso, é fundamental que você pesquise a competência do cirurgião plástico que irá realizar o procedimento. Sempre se assegure de que o cirurgião possui registro no conselho regional de medicina e na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Além disso, que a clínica realize a cirurgia apenas em ambiente hospitalar.

Uma boa maneira de evitar frustrações com riscos e pós-operatório é seguir à risca todas as ordens médicas e evitar o máximo possível a inércia total em seu período de repouso.

Quem pode fazer a lipoescultura?

A lipoescultura é indicada para homens que querem eliminar gorduras localizadas. A técnica não é recomendada para quem deseja emagrecer, por isso o paciente deve estar em seu peso ideal ou no máximo com alguns quilos a mais.

Homens que possuem flacidez cutânea devem conversar com seus médicos sobre o custo benefício de associar ao procedimento a abdominoplastia. Ela consiste na retirada dos excessos de pele do corpo. Sua união com a lipoaspiração visa potencializar seus efeitos e evidenciar mais os resultados da lipoescultura.

Quais são os resultados da lipoescultura masculina?

Se você que está lendo for um homem, ficará feliz ao ler a frase a seguir. A lipoescultura masculina costuma ter resultados melhores do que a lipoaspiração em mulheres. Isso acontece devido à constituição física masculina. Isso porque a musculatura é mais desenvolvida e menos há menos flacidez.

Essas características permitem que os músculos fiquem muito mais evidentes quando a camada de gordura é removida.

Quais são os benefícios da lipoescultura em homens?

Os benefícios da lipoescultura masculina são notáveis:

  • não deixa marca evidentes;
  • aumenta a autoestima;
  • reforça a sensação de jovialidade e saúde em homens;
  • deixa os músculos mais definidos

Aliás, vale a pena mencionar que a definição dos músculos masculinos vai além da vaidade. Isso porque, enquanto envelhecemos o corpo tem tendência a acumular bolsas de gordura. E isso acontece principalmente na região do abdômen, na área do peito e no pescoço.

Infelizmente, essas bolsas de gorduras não são queimadas, nem mesmo com a prática ferrenha de exercícios, e é aí que entra a lipoescultura masculina.

Para alcançar resultados ainda melhores, o cirurgião deve aplicar a técnica em cima do biótipo do paciente, ou seja, evitando que curvas femininas sejam criadas.

Além disso, deve ser ressaltado que para manter os resultados é necessário criar uma rotina mais saudável que inclua exercícios (após o período pós-operatório) e alimentação balanceada.

E então, gostou do texto sobre lipoescultura masculina? Agora descubra se existe diferença entre lipoaspiração masculina e feminina!