O que é a cirurgia de prótese de silicone

Também conhecida como mamoplastia de aumento, essa é a cirurgia para colocar prótese de silicone nos seios. Dessa forma, ela permite deixar o colo mais marcado, volumoso e simétrico.

Essa cirurgia é bastante procurada por mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho ou o formato dos seios.

Colocar silicone é um procedimento bastante tranquilo e seguro, afinal essa é uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras.

Para quem a mamoplastia de aumento é indicada

A prótese de silicone é indicada para mulheres que desejam seios maiores ou querem corrigir a perda de volume no colo.

De forma geral, essas situações podem decorrer de uma insatisfação com os seios. Ou, ainda, em decorrência de perda de peso, envelhecimento ou questões hormonais e genéticas.

A prótese de silicone pode ser colocada a partir do momento em que os seios já acabaram de se desenvolver com a permissão dos responsáveis. No entanto, o ideal é que ela aconteça após os 18 anos de idade.

Como a cirurgia de prótese de silicone é feita

Anestesia

Na maioria das vezes, a mamoplastia de aumento é realizada com anestesia local e sedação.

No entanto, o tipo de anestesia pode variar de acordo com o volume das mamas e o grau de sensibilidade da paciente. Assim, fica a cargo do cirurgião plástico definir a melhor maneira de realizá-la.

Incisões

As incisões da mamoplastia de aumento podem ser realizadas de 3 maneiras: na axila, nas aréolas e abaixo das mamas.

1. Incisão axilar

Apesar de as cicatrizes ficarem escondidas nas axilas, esse tipo de incisão para colocar a prótese de silicone tem caído em desuso. Afinal, a técnica de colocar o silicone pela axila é mais complicada do que as demais.

Como a distância entre as axilas e os seios é maior, o cirurgião plástico precisa criar um “túnel” para transportar a prótese. Dessa forma, a cirurgia pode apresentar riscos mais sérios, como infecções, além de ser mais longa.

2. Incisão pela aréola ou periareolar

A prótese de silicone colocada pelas aréolas também não costuma ser muito comum quando o objetivo é aumentar os seios apenas. Afinal, não são todas as mulheres que podem colocar silicone dessa forma, havendo a necessidade de uma avaliação médica.

De forma geral, quando a aréola é muito pequena, se torna impossível colocar a prótese dessa maneira.

No entanto, a cicatriz fica localizada exatamente no contorno do mamilo. Assim, com o tempo, ela se torna praticamente invisível.

3. Incisão pela mama ou inframamária

Essa é a maneira de colocar silicone mais utilizada e indicada. Nela, a incisão fica na dobra inferior dos seios e costuma ter uma medida de 3 a 5 cm.

Como local de incisão facilita a colocação da prótese, a cirurgia é mais rápida e segura. Além disso, a recuperação tende a ser mais rápida em relação às outras maneiras.

De forma geral, nesse tipo de incisão, a cicatrização tende a ser boa. Além disso, a cicatriz tende a ficar encoberta pelo sutiã ou biquíni.

Tipos de prótese de silicone

Os tipos de próteses de silicone variam de acordo com 3 características: forma da prótese, perfil da prótese e tamanho da prótese.

Prótese Cônica ou Silicone Perfil Super Alto

Esse formato de prótese é o que possui a menor base e a maior projeção, ou seja, é o silicone mais “pontudo” em comparação aos outros.

Como a grande parte do seu volume está no centro da prótese, os seios ficam bastante projetados para frente, especialmente os mamilos.

Vale dizer, ainda, que essa prótese é considerada um formato de colo médio. Por isso, seu resultado é bastante natural.

Próteses Redondas ou Silicone Perfil Alto

Essa é a prótese mais escolhida pelas mulheres. Afinal, ela preenche bastante a parte superior da mama e deixa o colo bem marcado e arredondado.

Com isso, ela é excelente para mulheres que adoram um decote e desejam chamar atenção para os seios.

Perfil Baixo e Moderado

Essas são as próteses de silicone com maior base e menor projeção. Esses formatos dificilmente são usados pelos cirurgiões, uma vez que não projetam os seios para frente e o colo fica bastante apagado.

Texturas das próteses de silicone

Além do tipo e do tamanho, as próteses de silicone também podem apresentar texturas diferentes.

É a textura da prótese que vai definir a consistência dos seios. Por isso, é comum encontrarmos os silicones dessas duas maneiras:

Próteses texturizadas

São próteses cobertas por microtexturas que dão um aspecto “aveludado”.

Além de serem muito bem absorvidas pelo corpo, elas reduzem as chances de queda precoce dos seios. E também evitam deixar à mostra os contornos do silicone através da pele.

Próteses de poliuretano

Essas próteses são mais antigas que as texturizadas, no entanto, estão ganhando cada vez mais adeptos por causa de suas vantagens serem maiores.

A tecnologia desse silicone é mais avançada. Dessa forma, e ela diminui as chances de as próteses mudarem de posição. E, até mesmo, de alguém as sentir ao apalpar os seios.

Forma de inserir o silicone

A prótese de silicone na mamoplastia de aumento pode ser colocada por cima ou por baixo do músculo peitoral.

Silicone baixo do músculo (submuscular)

De forma geral, quando a paciente tem pouco seio e deseja resultados mais naturais, costuma ser usada a técnica de colocar silicone por baixo do músculo. Com ela, a “transição” entre o colo e a mama não fica tão marcada.

A colocação de silicone submuscular pode ser feita de duas maneiras: totalmente por baixo do músculo ou pela técnica de Dual Plane (metade da prótese fica abaixo do músculo).

Silicone cima do músculo (subglandular)

Mais usada em pacientes que possuem algum volume de mamas, a técnica subglandular é escolhida em casos de espessura maior que 2 cm na parte superior dos seios.

A prótese costuma marcar mais o colo. E essa técnica consegue aproximar bastante os seios na parte interna, o que é desejo de muitas mulheres.

Quanto tempo demora a cirurgia de prótese de silicone?

De forma geral, a mamoplastia tem uma duração média de 90 a 120 minutos.

Normalmente, a paciente deixa a internação no mesmo dia, mas pode ser necessário ficar no local por até 24h.

Cuidados pré-operatórios

Exames

Assim como toda cirurgia plástica, colocar prótese de requer a realização de alguns exames básicos. São eles: hemograma completo e avaliação de coagulação do sangue.

Além desses, a mamoplastia de aumento pede uma avaliação da mama por ultrassom e mamografia.

Esses exames são importantes para detectar possíveis lesões ou alterações nos seios. Assim, os médicos costumam solicitá-los para saber se um nódulo ou cisto não apareceu em decorrência da cirurgia.

Alimentação, sono e medicação

De forma geral, no dia anterior da mamoplastia de aumento, você evite ingerir bebidas alcoólicas ou comer muito. Assim, evite se alimentar com produtos muito gordurosos e industrializados.

Uma boa noite de sono é de extrema importância nesse dia. Afinal, você precisa estar descansada para o grande dia!

Também é preciso evitar ingerir medicamentos à base de ácido acetilsalicílico ou fórmulas para emagrecer nos 10 dias anteriores ao procedimento.

Jejum

Para fazer a mamoplastia de aumento, a paciente precisa estar em um jejum de 8 horas.

No dia da cirurgia

Vá acompanhada no dia da cirurgia e leve roupas confortáveis e mais largas para voltar para casa depois. Do mesmo modo, evite usar muitos acessórios, como brincos, anéis e pulseiras. Afinal, você precisará retirá-los para o procedimento.

Por fim, é importante levar todos os exames e termos solicitados pela clínica. Assim, você poderá fazer a cirurgia sem nenhum imprevisto.

Pós-operatório da cirurgia de prótese de silicone

Primeiras horas

Nas primeiras 24h após a cirurgia você precisará ficar sentada ou manter com a cabeça elevada a, pelo menos, 30 graus.

Da mesma forma, também deverá evitar se mexer muito e fazer apenas movimentos leves e sutis. Afinal, você acabou de passar pelo procedimento e precisa repousar!

Movimentação dos braços

Nos primeiros dias, a movimentação dos braços é mais limitada. Isso acontece porque, ao mexer os braços, a musculatura se movimenta e, consequentemente as mamas.

Além disso, você não poderá levantar os braços acima dos ombros por 2 semanas.

Repouso

Normalmente, o repouso indicado é de 15 dias. Após esse período, se não houver nenhum problema, você poderá voltar às atividades rotineiras. Assim como voltar ao trabalho, desde que não faça muito esforço.

Para voltar a dirigir é preciso esperar cerca de 20 dias. E  exercícios leves podem ser realizados após 1 mês da realização da mamoplastia de aumento.

Já atividades mais intensas, como a musculação, só serão liberadas após o segundo mês.

Evitar relações sexuais por duas semanas também é importante para os cuidados pós-operatórios da cirurgia para colocar silicone.

Medicação após a cirurgia

Normalmente, os cirurgiões plásticos receitam anti-inflamatórios, antibióticos e analgésicos.

Também é comum o uso de pomadas à base de silicone para ajudar a cicatrização. Assim como a realização massagens diárias na mama e nas cicatrizes.

Por fim, o filtro solar também deve ser aplicado na região diariamente para não causar manchas.

Alimentação e tabagismo

Salvo em casos especiais, a alimentação pode ser normal. No entanto, é recomendado evitar doces, frituras e bebidas alcoólicas.

O tabagismo deve ser evitado no pós-operatório da cirurgia. Afinal, o cigarro dificulta a circulação de sangue no local. E, assim, favorece a formação de queloides ou de cicatrizes feias.

Se não for possível abandonar de vez o hábito, você deverá ficar um mês sem fumar.

Posição para dormir

Após a mamoplastia de aumento, você deverá dormir de barriga para cima, usando um travesseiro para apoiar o tórax e/ou as pernas.

Da mesma forma, dormir de bruços só após 3 meses da cirurgia. E, de lado, apenas após 6 semanas.

Faixa pós-cirúrgica

Após a cirurgia de silicone, é comum que a prótese esteja mais alta. E é por isso que muitos cirurgiões plásticos recomendam o uso da faixa pós-cirúrgica.

A faixa vai ajudar os seios a “descerem” e a ficarem na posição correta. Dessa forma, ela ajuda a deixar o colo bonito e garante a estabilidade da prótese de silicone.

Normalmente, a faixa cirúrgica é usada por um período de 30 dias após a mamoplastia de aumento.

Sutiã cirúrgico

O sutiã cirúrgico será o seu melhor companheiro após a cirurgia para colocar silicone. Afinal, ele ajuda a diminuir o inchaço, sustentar e remodelar a nova mama.

Ele deverá ser utilizado por 30 dias de forma contínua, inclusive para dormir. Após os 30 dias, você poderá substituí-lo por sutiãs normais que não possuam arame de sustentação.

E, com 3 meses da mamoplastia de aumento, você poderá usar o sutiã que desejar, inclusive os com arame.

Higiene e curativos

Você já vai sair da cirurgia de silicone com um curativo impermeável. Ele só será trocado uma semana depois no consultório médico.

A partir daí você deverá fazer um curativo simples com gaze. Assim como a região precisará ser limpa com água e sabonete neutro.

Cicatrizes da mamoplastia de aumento

Toda cicatriz, independentemente da cirurgia plástica, é permanente. Porém, a cicatriz sofre modificações até 18 meses após a mamoplastia de aumento ou qualquer outro procedimento.

Como a incisão é realizada em locais discretos, as chances de ela ficar praticamente imperceptível são grandes. Tudo vai depender da qualidade da pele e do tipo de cicatrização, que são próprios de cada pessoa.

Como minimizar as cicatrizes

Como foi dito acima, é possível minimizar a ocorrência de situações desfavoráveis com a cicatriz. Para isso, você deve aplicar cremes específicos no local fazendo massagens.

Os cuidados com a limpeza também são fundamentais para que as cicatrizes fiquem com um aspecto mais bonito e de maneira mais rápida. No entanto, não é possível garantir que o aspecto final ficará 100%.

Efeitos adversos da prótese de silicone

Amamentação

É pouco provável que colocar um implante mamário influencie na amamentação. Por isso, pode ficar tranquila caso você pretenda engravidar!

Câncer de mama e silicone

Muitas pacientes têm dúvidas se o silicone aumenta o risco do câncer de mama. Mas saiba que uma situação não está relacionada com a outra.

É fundamental, no entanto, que você mantenha a sua rotina de exames antes e depois do silicone.

Afinal, o acompanhamento médico é de extrema importância para todas as mulheres, independentemente de ter ou não passado pela mamoplastia de aumento.

Sensibilidade nos seios

São poucas as mulheres que relatam diminuição na sensibilidade dos mamilos após colocar a prótese de silicone.

Ainda assim, é normal que, logo após a cirurgia, a sensibilidade dos seios mude. No entanto, elas tendem a retornar logo após a primeira semana para a maioria das pacientes.

Troca da prótese de silicone

As próteses de silicone estão com uma tecnologia bastante avançada e moderna.

Antigamente, era recomendável trocá-las a cada 10 anos. No entanto, as próteses mais modernas não têm esse “prazo de validade”. Assim, é recomendada a troca apenas em casos de necessidade.

Novamente, o acompanhamento médico se faz fundamental. Afinal, só o médico poderá dizer se você precisará ou não trocar a prótese de silicone daqui alguns anos.

Contratura capsular

A contratura capsular é um dos principais motivos que levam à troca da prótese de mama. Quando a contratura acontece, podem ocorrer alterações estéticas e, em casos avançados, dor nos seios.

A contratura capsular ocorre quando a cápsula que envolve o implante de silicone perde elasticidade. Com isso, uma camada de tecido de cicatrização anormal se forma em torno dos implantes.

Vale dizer, porém, que as próteses de silicone texturizadas apresentam uma chance de contratura mínima.

Prótese de silicone antes e depois: o que esperar dos resultados

O resultado da prótese de silicone antes e depois vai aparecer ao longo dos meses.

Em geral, após 3 meses você conseguirá ver o resultado final da forma e da posição dos seios. As cicatrizes, no entanto, continuarão em seu processo de mudança depois desse período.

O comparativo do silicone antes e depois é sempre bastante surpreendente, afinal, a cirurgia tem o poder de mudar o corpo de cada mulher.

O resultado, porém, vai depender muito do que você deseja. É possível deixar o colo bem marcado e os seios volumosos. Assim como também pode se optar por um resultado bastante discreto e natural.

Profissional que pode fazer mamoplastia de aumento

Definitivamente, a cirurgia de prótese de silicone deve ser realizada por um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Informe-se antes da cirurgia

É de extrema importância verificar se o cirurgião tem registro no Conselho Federal de Medicina (CFM). Essa checagem pode ser feita pelo site da instituição.

Além disso, o médico deve ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que garante a capacidade e experiência do profissional para realização da cirurgia.

É fundamental que a cirurgia plástica seja realizada em ambiente hospitalar com certificação para realizar cirurgias de médio porte. Você pode checar essa informação com o próprio hospital.

Por fim, converse com pessoas que já realizaram a cirurgia de silicone com o mesmo médico e clínica e se informe sobre a experiência e os resultados obtidos.

Valor da prótese de silicone

Todo e qualquer valor da cirurgia para colocar silicone e de cirurgias plásticas em geral não podem ser mencionados devido às proibições do Conselho Federal de Medicina.

Dessa forma, é preciso realizar uma avaliação em consulta médica para que o cirurgião consiga entender melhor o seu caso.

Para agendar a sua consulta e avaliação, entre em contato com a gente.