Fale Conosco Pelo Whatsapp

Quais foram os primeiros sinais de envelhecimento no seu rosto? Para boa parte das pessoas, a insatisfação começa com as rugas e flacidez na área dos olhos. Por isso, desejando uma aparência mais jovem, elas chegam às clínicas em busca da cirurgia plástica de pálpebras.

Porém, de forma equivocada, muitas pessoas pensam que a cirurgia de pálpebras é o mesmo procedimento de rejuvenescimento do rosto, ou lifting facial.

Afinal, qual é a diferença entre a cirurgia de pálpebras e o lifting de rosto? Em que casos esses procedimentos são indicados? Ficou curioso para saber essas respostas? Então, continue a leitura! Você vai descobrir qual é a solução ideal para o seu caso. Confira!

Blefaroplastia — cirurgia plástica de pálpebras

A blefaroplastia é o procedimento que corrige as pálpebras. Assim, ela pode ser feita na parte superior, retirando o excesso de pele que deixa essa região com a aparência de cansaço e tristeza. Também é possível aproveitar o procedimento para retirar xantelasmas, que são depósitos de gordura que formam placas visíveis.

Abdominoplastia Master Health

Outra possibilidade é fazer a blefaroplastia inferior. Nessa cirurgia, o médico estica a pele que fica abaixo dos olhos, deixando a região lisa e esticadinha. Dessa forma, é possível corrigir olheiras, retirar bolsas de gordura e eliminar as rugas. O resultado é excelente e faz os pacientes realmente parecerem bem mais jovens.

Alguns pacientes sentem a necessidade de corrigir tanto a pálpebra inferior quanto a superior. Por isso, os médicos combinam os dois procedimentos e realizam essas alterações todas de uma vez só, aproveitando a mesma internação, a mesma anestesia e o período de recuperação.

Ritidoplastia — cirurgia de rejuvenescimento facial

A correção das pálpebras já promove uma boa mudança na aparência. Os olhos ficam mais evidentes, o ar de cansaço desaparece e as bolsas de gordura também. Porém, ainda assim, alguns pacientes precisam de um procedimento que inclui outras áreas do rosto.

Nesses casos, os efeitos do tempo já atingiram a testa, que apresenta rugas mais profundas. O preenchimento das bochechas se torna reduzido, deixando o rosto flácido. Até mesmo os cantos da boca aos poucos começam a apontar para baixo, envelhecendo a face.

Por isso, a blefaroplastia não seria suficiente. É preciso corrigir todos esses pontos, garantindo que todo o rosto pareça mais jovem, e não só os olhos. Aliás, essa harmonia entre todos os traços é essencial para uma aparência natural.

Quanto o paciente está nessa situação, o cirurgião plástico indica a ritidoplastia, que é o lifting facial. Nesse procedimento, o profissional pode reposicionar os músculos do rosto (testa, sobrancelhas, bochechas, lábios), retirar excessos de pele e redefinir o contorno da face.

Portanto, a enquanto a blefaroplastia é uma cirurgia que rejuvenesce o olhar, o lifting facial é um procedimento completo. A melhor opção é definida de acordo com as necessidades de cada paciente, sempre visando a harmonia e a naturalidade da aparência.

E agora, entendeu qual é a diferença entre a cirurgia plástica de pálpebras e o lifting facial? Quer saber mais sobre as opções para o rejuvenescimento do rosto? Então, continue aqui no blog e confira nosso artigo completo sobre esse assunto!

master-health

A Master Health, há mais de duas décadas, alia conforto, segurança e zelo no tratamento de seus pacientes. Adepta do conceito de clínica vertical, a Master dispõe de quatro andares unicamente dispostos ao atendimento, favorecendo a privacidade de cada momento da cirurgia plástica ou tratamento realizado pelo paciente.
Diretora Técnica Dra. Elaine Favano – CRM 42085/SP

Abdominoplastia Master Health

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)