Fale Conosco Pelo Whatsapp

Alterar o formato e o tamanho dos seios é o desejo de muitas mulheres.

Mas você sabia que todos esses procedimentos têm algo em comum? Sim, o nome: mamoplastia.

Para você entender melhor, vamos explicar o que é mamoplastia. Confira!

O que é mamoplastia?

Mamoplastia é o nome dado a um conjunto de cirurgias plásticas que modifica a forma das mamas.

Seu objetivo é torná-las mais harmoniosas e proporcionais ao corpo da mulher. Assim, a mamoplastia engloba vários procedimentos que podem visar aumentar, diminuir e também alterar a aparência das mamas.

Agora que você compreendeu o que é mamoplastia, vamos entender:

  • tipos de mamoplastia;
  • como ela é feita;
  • em quais casos é indicado;
  • antes e depois: o que esperar dos resultados.

Quais são os tipos de mamoplastia?

Como dissemos em “o que é mamoplastia”, embora recebam nomes iguais, as muitas finalidades do procedimento trazem diferenciações nos processos das cirurgias. Entenda cada um dos tipos de mamoplastia.

Mamoplastia de aumento

As mulheres que mais recorrem à mamoplastia de aumento são aquelas com seios muito pequenos. No entanto, algumas mulheres têm seios considerados como de tamanho normal, mas colocam prótese de silicone porque os desejam maiores.

Em ambos os casos o fator sensualidade e autoestima estão muito presentes. Isso porque, os seios ficarão, não apenas maiores, mas mais enrijecidos e sem queda.

Os cirurgiões experientes, como os da Master Health, utilizam próteses que garantem formato adequado e firmeza, além de aparência natural.

Antes e depois

Antes, os seios eram tão pequenos que você sentia vergonha de usar biquínis e seu melhor amigo era um enchimento.

Depois, os seios ficam com um tamanho proporcional ao restante do corpo.

Mamoplastia redutora

Mamas muito volumosas podem ser desproporcionais com o restante do corpo e também causar dores na coluna. Além disso, elas ainda têm maior tendência a ficarem caídos precocemente.

Por isso, muitas mulheres recorrem à mamoplastia redutora para diminuir o tamanho dos seios e acabar com o desconforto.

O procedimento elimina o excesso de gordura, o glandular e a pele. As incisões podem ser em três formatos:

  • T invertido (no sulco abaixo das mamas);
  • Periareolar (ao redor das aréolas);
  • L (da aréola até a base do seio).

A escolha do tipo de incisão (que originará o formato da cicatriz) é feita pelo cirurgião plástico. Assim, para chegar à melhor opção, ele levará em consideração a quantidade de pele retirada e o tipo de mama da paciente.

Antes e depois

Antes, as mamas eram tão grandes que as dores na coluna eram constante e você podia, até, envergonhar-se da desproporção do seu corpo.

Depois, os seios ficam em harmonia com o corpo e as dores desaparecem — se a coluna ainda não foi prejudicada.

Mamoplastia reparadora

Também chamada mastoplastia, a mamoplastia reparadora visa corrigir as mamas demasiadamente assimétricas, a diminuição da aréola, etc…

A maneira como o procedimento é feito depende da necessidade de cada paciente. Dessa forma, é possível reduzir a mama maior, colocar prótese na menor, fazer um reposicionamento, entre outras técnicas.

Antes e depois

Antes, uma mama podia estar de um tamanho diferente da outra.

Depois, ambas estão do mesmo tamanho.

Mamoplastia reconstrutiva

Esse procedimento é indicado para as mulheres que tiveram câncer de mama e, por isso, precisaram retirar parte ou o todo da mama (mastectomia).

Nesse caso, o cirurgião refará a mama e, em muitos casos, é preciso utilizar tecido de outras áreas do corpo (como abdômen e costas) para que a mama possa ser construída.

Se possível, a reconstrução mamária é realizada em conjunto com a mastectomia, para a mulher não precisar passar por duas cirurgias em um curto espaço de tempo. Entretanto, algumas vezes, a mulher ainda está fazendo radioterapia.

Neste caso, a necessidade da radiação costuma atrasar o processo de cicatrização. Com isso, é preciso adiar a reconstrução das mamas para segurança da paciente e sucesso do procedimento.

Quais são as indicações da mamoplastia?

Se você tem a dúvida: a mamoplastia é a cirurgia ideal para mim?

Saiba que essa técnica é indicada para as mulheres nos seguintes casos:

  • seios caídos (prótese mamária);
  • mamas muito grandes ou muito pequenas;
  • remoção da mama devido ao câncer.

Quais são os resultados esperados com a mamoplastia?

Você, certamente, notou que, após a explicação de cada tipo de mamoplastia, havia um “antes e depois”.  Enquanto o antes era diferente em cada um deles, o depois era praticamente o mesmo.

Ou seja, seja qual for o motivo que a levou a decidir fazer uma mamoplastia, a finalidade é sempre a mesma. Ficar com os seios em um formato harmonioso com o restante do corpo. Além disso, você quer que seus seios fiquem mais bonitos e firmes.

Tudo isso é conseguido quando você escolhe profissionais de clínicas, como a Master Health, que se esmeram em proporcionar o melhor resultado possível para as suas paciente.

Agora que você já sabe o que é mamoplastia e já sabe se ela é indicada para você, Participe do nosso grupo no Facebook e veja relatos de mulheres que já realizaram o procedimento.

Esperamos você!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)

Quer saber mais ? Confira todos os posts do nosso blog sobre Mamoplastia.