Fale Conosco Pelo Whatsapp

Muitas mulheres se queixam de que, após a amamentação, seus seios nunca mais foram os mesmos. Depois de todo aquele volume da gravidez e do período de lactação, eles murcham e ficam flácidos, prejudicando também a autoestima. Para esses casos, a cirurgia mastopexia é a solução!

Quer saber como ela funciona? Então, confira o post! Vamos explicar por que os seios caem após a amamentação e como é feito o procedimento para deixar as mamas firmes e empinadas outra vez!

Por que as mamas caem após a amamentação?

Pense na sua pele como se fosse um tecido elástico, como aqueles de roupas para ginástica ou mesmo de uma peça íntima, como o sutiã. Ela tem algumas fibras que promovem a sustentação, como o colágeno e elastina.

Porém, a pele sofre o mesmo efeito do tecido: se for esticado demais, as fibras elásticas se rompem, não é mesmo? Assim, ele não consegue voltar ao formato original. Fica frouxo, relaxado.

Durante a gravidez, é normal que os seios aumentem de tamanho. Afinal, as glândulas mamárias que ficam ali se tornam volumosas durante o período de produção de leite. Esse efeito se acentua ainda mais se a mulher ganha peso durante a gestação. Então, tudo isso faz a pele e suas fibras se esticarem.

O problema é que esse estiramento pode ser maior do que as fibras elásticas da pele conseguem suportar. Assim, ela fica relaxada e não consegue voltar à sua forma original. A sobra causa uma flacidez, que faz os seios ficarem caídos. A mulher passa a se sentir constrangida com o atual formato das mamas e pode enfrentar problemas com a autoestima.

A cirurgia de mastopexia soluciona a flacidez?

Na verdade, a cirurgia plástica é a única alternativa para fazer as mamas voltarem à posição original. Então, não existe nenhuma outra solução eficaz para esse problema. Saiba como esse procedimento é feito.

Na cirurgia de mastopexia, o objetivo do médico é retirar as sobras de pele que causam a queda dos seios. Para isso, ele geralmente faz algumas incisões, que podem ser maiores ou menores, de acordo com a quantidade de pele que precisa ser eliminada.

Por isso, depois de anestesiar a paciente, o médico faz pelo menos duas incisões: uma em volta da aréola e outra vertical, ligando o bico do peito à base. Se ele precisar retirar ainda mais pele, ele terá que fazer outra incisão na parte de baixo do seio, contornando o sulco mamário.

A partir dessas incisões, o médico retira a pele que sobra. Então, ele remodela a mama e sutura as áreas que foram cortadas, deixando o seio firme e empinado.

Em alguns casos, a mulher quer aproveitar o procedimento para adicionar volume à mama. Afinal, ela se acostumou a ficar com os seios bem preenchidos durante a gravidez e amamentação, e não quer voltar a ter peitos pequenos. Se isso acontecer, é possível fazer a cirurgia mastopexia com prótese e solucionar os dois problemas de uma vez só!

E então, entendeu como é feita a cirurgia mastopexia? Acha que ela pode ser uma boa opção para deixar os seus seios firmes outra vez e quer saber mais sobre o procedimento? Confira nosso Guia Completo sobre esse tema!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)