Fale Conosco Pelo Whatsapp

Cada pessoa é única e especial! Por isso, não existe uma fórmula padronizada para a cirurgia plástica. Assim, o médico leva em consideração os traços do indivíduo e as características de sua etnia para criar um resultado harmônico e natural. Isso também acontece nos casos em que o paciente precisa fazer uma rinoplastia nariz negroide.

Quer saber como é feito o procedimento? Então, continue a leitura! Vamos explicar quais são as alterações que o médico faz para chegar ao resultado perfeito. Confira!

O que é o nariz negroide?

Existem vários tipos de nariz: o fino e arrebitado, asiático, negroide, romano e adunco. Cada um deles possui características específicas, como já explicamos em outras ocasiões aqui no blog. Embora todos sejam normais, o fato é que o “padrão” de beleza valoriza mais os modelos finos e arrebitados.

Então, quando falamos do nariz negroide também é possível destacar algumas características. Sua base é mais larga e as narinas são alargadas. O dorso é curto e baixo, enquanto a ponta é arredondada. Esse formato é relativamente comum no Brasil, já que grande parte da nossa população é descendente de africanos ou tem alguma dessas etnias em seu histórico de miscigenação.

Como é a rinoplastia nariz negroide?

Porém, quando o médico faz uma plástica no nariz, ele precisa tomar alguns cuidados. Ele não pode simplesmente reproduzir um modelo valorizado pelo padrão sem levar em consideração o conjunto do rosto. Assim, ele faz alterações, mas busca um resultado harmônico e preserva algumas das características.

Portanto, para harmonizar um nariz negroide com o restante da face, geralmente o cirurgião faz as seguintes alterações:

Redução da largura

Muitas vezes, o paciente com nariz negroide chega ao consultório insatisfeito com a largura das narinas. Elas podem ser mais abertas ou afastadas do centro. Por isso, uma correção frequente é a redução dessas asas nasais.

Para isso, o cirurgião faz uma pequena incisão nas laterais das asas nasais. Então, ele retira o excesso desse tecido, em um procedimento chamado de resseção. Agora, essa parte do nariz ficará curta e, quando costurada novamente ao rosto, terá uma abertura menor, deixando a base bem mais estreita.

Projeção da ponta

Outra queixa frequente de quem chega ao consultório para corrigir o nariz negroide é a ponta arrendondada e baixa. Ela cria a impressão de achatamento, o que incomoda muita gente. No entanto, esse problema também tem correção.

Nesses casos, o médico utiliza enxertos de cartilagem, ossos ou mesmo silicone para criar uma ponta mais projetada. Esses elementos são inseridos por meio de cortes feitos por dentro do nariz. Portanto, mais uma vez não existem cicatrizes evidentes.

Enxertos no dorso

Finalmente, a terceira queixa é o fato de o nariz negroide ter seu dorso baixo ou, de acordo com alguns pacientes, afundado. Mais uma vez, o cirurgião utiliza enxertos ou implantes para elevar essa região, deixando-a mais afilada e criando um perfil adequado às expectativas da pessoa.

Sempre vale a pena lembrar que a rinoplastia nariz negroide não tem o objetivo de descaracterizar a pessoa. Afinal, o resultado precisa ser natural. Portanto, a cirurgia harmoniza os traços, mas sem esconder a origem étnica e nem os traços individuais.

Gostou do post? Quer saber mais sobre a rinoplastia e os tipos de narizes? Continue no blog e confira nosso post completo sobre esse assunto!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)