Fale Conosco Pelo Whatsapp

Embora colocar silicone seja a cirurgia plástica do momento, muitas mulheres desejam fazer exatamente o contrário — reduzir as mamas. Porém, ao pesquisarem sobre esse tema, nem sempre fica muito clara a diferença entre mastopexia e mamoplastia redutora.

E você, sabe qual é o objetivo de cada uma dessas cirurgias e qual delas é mais adequada para o seu caso? Então, continue a leitura e entenda melhor esses procedimentos.

Diferença mastopexia e mamoplastia redutora

Mastopexia

A mastopexia, ou lifting de mamas, é a cirurgia plástica que corrige a flacidez nas mamas. Portanto, trata-se de um procedimento que retira os excessos de pele que deixam os seios caídos, trazendo uma série de incômodos à mulher.

Assim, o cirurgião começa o procedimento fazendo uma incisão semicircular em volta da aréola. A seguir, ele precisa fazer outro corte vertical, na direção da parte de baixo da mama. Sua extensão dependerá da quantidade de pele que precisa ser retirada.

No entanto, caso seja necessário retirar uma extensão maior de pele flácida, é preciso fazer uma terceira incisão. Nesse caso, o corte segue a curvatura da linha inframamária, que é a dobra que fica abaixo do seio.

Então, a partir desses recortes estratégicos, o médico elimina o excesso de pele, remodela e sutura os seios. Assim, a mama fica completamente preenchida, o que a deixa firme e empinada novamente, mas sem reduzir seu tamanho.

Mamoplastia redutora

Embora o procedimento seja parecido com o da mastopexia em diversos aspectos, a mamoplastia redutora tem um objetivo diferente. Nesses casos, a paciente não precisa retirar apenas o excesso de pele. Seu objetivo também é diminuir o tamanho das mamas.

Porém, as incisões feitas na mamoplastia redutora são muito parecidas com as da mastopexia. O médico faz o corte semicircular em volta da aréola, outra linha vertical e finalmente, uma que segue a curvatura da dobra inframamária.

A principal diferença é que, na mamoplastia redutora, será necessário retirar também outros tecidos que compõem o seio. Então, o médico elimina uma parte da glândula mamária, gordura e do estroma, que é um tecido conjuntivo que ajuda a sustentar vários órgãos, incluindo as mamas.

Indicações da mastopexia ou da mamoplastia redutora

Como você viu, enquanto o lifting de mamas apenas levanta os seios, a redução altera o tamanho e pode ser indicada, inclusive, por razões médicas. Afinal, muitas mulheres precisam realizar esse procedimento devido a problemas de coluna causados pelo peso do peito.

Porém, caso você ainda esteja em dúvida quanto a qual dessas cirurgias é indicada para o seu caso, não se preocupe! O cirurgião plástico avaliará suas mamas e biótipo. A partir dessa análise, ele indicará o procedimento mais adequado para garantir sua saúde, bem-estar e satisfação com a própria aparência.

Além disso, vale a pena destacar que pode ser necessário colocar prótese de silicone ao fazer a mastopexia ou a mamoplastia redutora. Isso acontece quando o tecido mamário não é denso ou suficiente para deixar os seios firmes e em uma proporção adequada ao corpo.

Quer saber como é possível reduzir as mamas e ainda assim ter que colocar prótese? Então, continue aqui no blog e não perca nosso artigo completo sobre a mamoplastia redutora com silicone!

master-health

A Master Health, há mais de duas décadas, alia conforto, segurança e zelo no tratamento de seus pacientes. Adepta do conceito de clínica vertical, a Master dispõe de quatro andares unicamente dispostos ao atendimento, favorecendo a privacidade de cada momento da cirurgia plástica ou tratamento realizado pelo paciente.
Diretora Técnica Dra. Elaine Favano – CRM 42085/SP

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)

Quer saber mais ? Confira todos os posts do nosso blog sobre mamoplastia Clique aqui.