Desde as civilizações antigas, o ser humano tem a tendência de acreditar em fontes da juventude. Dizem que o mito surgiu por volta de 700 a.C. e que até mesmo Alexandre, o Grande, teria procurado por ela. Embora hoje dificilmente alguém pense em águas com esse poder, ainda existem crenças populares com a mesma finalidade. Uma das mais comuns é a ideia de que passar babosa no rosto rejuvenesce. Mas será que isso é verdade? Você vai descobrir a resposta neste post!

Você conhece as propriedades da babosa?

A babosa ou aloe vera é realmente uma planta medicinal. Ela começou a ser usada cerca de 6 mil anos atrás, ainda no período de supremacia egípcia. Aliás, esse povo a chamava de “planta da imortalidade”. Talvez isso explique a fama que ela tem até hoje.

Os especialistas no assunto não negam que a babosa tem muitas propriedades curativas. Ela é, por exemplo, um bom cicatrizante. Também é conhecida por ser calmante, anestésica, antitérmica e anti-inflamatória. Muitas mulheres também usam essa planta para hidratar os cabelos.

Embora não seja o foco deste post, é importante informar que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proíbe a fabricação e comercialização de bebidas e alimentos à base de babosa. Ela entende que não há provas de que a ingestão dessa planta é segura e tem evidências de que ela pode causar sérios efeitos adversos. Contudo, o aloe vera é um ingrediente muito comum na fabricação de cosméticos e não há restrições ao uso externo.

Mas afinal, passar babosa no rosto rejuvenesce? É o que vamos descobrir!

Passar babosa no rosto rejuvenesce?

Como já dissemos, uma das propriedades da babosa é seu potencial de hidratação. Assim, ela tem realmente um efeito benéfico para a pele e cabelos. Afinal, a água é fundamental para a pele respirar, para que suas células realizem as funções químicas e fisiológicas, manutenção da flexibilidade, elasticidade e maciez.

Então, podemos concluir que a babosa pode, sim, ajudar a desacelerar o envelhecimento da pele. Isso acontece principalmente por sua capacidade de hidratação. Porém, vale a pena lembrar que esse é apenas um dos fatores que determinam se uma pessoa terá mais ou menos rugas com o passar do tempo.

Se você observar seus conhecidos, verá que alguns deles são relativamente jovens, mas sua pele aparenta uma idade maior. Da mesma forma, existem exemplos contrários: um conhecido mais velho pode ter o rosto liso. Portanto, os sinais do envelhecimento aparecem em ritmos diferentes e são influenciados tanto pela genética quanto pelos hábitos das pessoas.

Babosa ou hábitos: qual é o papel deles na qualidade da pele?

Não se trata apenas de hidratar a pele ou não. Além da genética, é preciso considerar a qualidade da alimentação, a quantidade de exposição ao sol, uso de cigarro e bebidas alcoólicas. Todos esses fatores interferem no ritmo de perda das fibras de colágeno e elastina e, consequentemente, na falta de estrutura para a pele e o surgimento de flacidez e rugas no rosto.

Mas e quanto ao rejuvenescimento? Até agora, mostramos que a babosa pode contribuir, como coadjuvante, para retardar o envelhecimento. Mas será que ela tem o poder de realizar um milagre e fazer os efeitos do tempo retrocederem?

Embora a crença popular afirme que passar babosa no rosto rejuvenesce, não há evidências científicas para isso. Vamos até propor um desafio: você pode pesquisar os sites da internet que tratam desse assunto. Porém, não encontrará pesquisas acadêmicas ou científicas com dados que comprovam essa crença. A babosa pode ser um elemento coadjuvante na prevenção, mas não na solução.

A verdade é que não existe uma fórmula mágica. Até porque, se existisse, alguém já teria conquistado a maior fortuna do mundo com esse segredo. Então, a crença de que passar babosa no rosto rejuvenesce é um mito, ou pelo menos não tem a eficácia necessária para promover uma transformação tão grande.

Como realmente rejuvenescer o rosto?

Talvez você tenha ficado decepcionado em saber que a crença de que passar babosa no rosto rejuvenesce é infundada. Porém, a boa notícia é que tanto a área da estética quanto da medicina têm avançado muito nessa direção. Elas também não apresentam soluções mágicas, mas desenvolveram procedimentos para minimizar os efeitos do tempo e garantir que as pessoas se sintam bem com a própria aparência. Conheça algumas opções!

1. Procedimentos estéticos

Atualmente, existem muitos procedimentos estéticos para evitar que as rugas e a flacidez apareçam ou até mesmo para minimizá-las. Botox, laser fracionado e microagulhamento são algumas das técnicas indicadas para quem quer amenizar as marcas da face. Também é possível preencher rugas com ácido hialurônico.

O objetivo da maioria desses tratamentos é estimular a produção de colágeno, dando mais estrutura à pele e evitando a sua queda. No caso do botox, trata-se de uma toxina que paralisa pontos específicos da face, evitando a formação ou o aprofundamento de marcas de expressão.

Porém, é importante lembrar que alguns desses procedimentos são preventivos e outros têm efeito temporário. O botox, por exemplo, tem duração limitada. A partir desse período, o paciente precisa aplicar uma nova dose ou terá os movimentos da área da face completamente restaurados. O ácido hialurônico também acaba absorvido pelo corpo, exigindo um novo procedimento.

Além do efeito temporário, esses tratamentos não têm uma grande eficácia em peles realmente marcadas pelo tempo. Eles podem amenizar as rugas e a flacidez, mas não eliminá-las completamente. Já as cirurgias plásticas partem de uma proposta diferente e realmente garantem um excelente resultado. Conheça-as no próximo tópico!

2. Cirurgias plásticas

Embora a cirurgia plástica não interfira na qualidade do tecido cutâneo — o que vai depender dos cuidados diários do paciente — ela consegue eliminar os excessos de pele que se acumulam com o tempo. Entenda quais são os principais procedimentos para rejuvenescimento facial e seus efeitos:

  • blefaroplastia: é a cirurgia plástica realizada na área dos olhos para corrigir as pálpebras caídas. O médico retira gorduras e fusos de pele, rejuvenescendo essa região;
  • lifting de sobrancelhas: o cirurgião eleva toda a área superior dos olhos, eliminando principalmente a expressão de cansaço que surge com o tempo;
  • lifting frontal: esse procedimento é mais extenso, pois o médico eleva não só a área das sobrancelhas, mas toda a testa, deixando-a completamente lisa. Ele descola a pele da fronte, puxa-a para cima e retira o excesso. As cicatrizes ficam escondidas sob o couro cabeludo;
  • ritidoplastia: também chamada de lifting de rosto, é a cirurgia em que o cirurgião remodela a pele de todo o rosto. Dessa forma, ele elimina consideravelmente a flacidez e outras marcas de expressão.

Finalmente, seria muito mais fácil acreditar que o simples ato de passar babosa no rosto rejuvenesce. Porém, para obter uma pele lisa e saudável, é preciso realizar um esforço maior. É necessário investir em cuidados diários para melhorar a qualidade do tecido cutâneo e recorrer a procedimentos mais complexos para corrigir os efeitos do tempo.

E acredite: investir em uma cirurgia plástica para rejuvenescimento é um dos melhores investimentos que uma pessoa pode fazer. Afinal, fazer as pazes com o espelho é um dos requisitos para aproveitar a vida com satisfação e alegria!

Ficou curioso para saber mais sobre as cirurgias de rejuvenescimento facial? Continue aqui no blog e confira nosso post completo sobre esse tema. Leia e tire suas dúvidas!