Quando você fica diante do espelho, o que te incomoda em sua aparência? Para alguns, o maior problema é aquele conjunto de ruguinhas no canto dos olhos, os famosos pés de galinha. Outros acham que as pálpebras caídas dão uma impressão de cansaço que não combina com sua vitalidade e energia. O que talvez você não saiba é que para essas (e outras) insatisfações, existe uma solução: o rejuvenescimento do rosto.

Aqui no blog, nós já mostramos que existem diversos tipos de cirurgia que promovem o rejuvenescimento facial. Algumas delas têm como foco apenas a área dos olhos. Outras, deixam testa e sobrancelhas lisinhas, dando um up no visual. Finalmente, há pessoas que querem uma reforma geral e optam pela ritidoplastia, também conhecida como lifting da face.

Mas você sabe como se preparar para essas cirurgias? Esse é um aspecto muito importante, pois existem alguns cuidados que podem potencializar os efeitos do procedimento. Ficou curioso para saber quais são? Então, continue a leitura!

Cirurgia de rejuvenescimento do rosto: a importância da preparação

Por trás de um rosto com as marcas do tempo existe não apenas uma longa história. À medida que os anos passam, nossa pele sofre um processo natural de degradação, que muitas vezes é agravada por agressões. Elas podem ser provocadas por nossos hábitos ou pelo ambiente onde vivemos.

Como resultado, a pele tem sua espessura reduzida. A elasticidade também diminui e surgem, progressivamente, rugas e flacidez. A cirurgia de rejuvenescimento do rosto é uma ótima oportunidade de corrigir esses problemas. Porém, para obter os melhores resultados, o paciente deve se preparar adequadamente para o procedimento.

Algumas das recomendações referentes ao período preparatório são essenciais para a segurança do paciente. Outras são dicas dos médicos para que você tenha um bom resultado, que atenda às suas expectativas. Portanto, segui-las é o melhor caminho para ter uma cirurgia tranquila, uma recuperação rápida e uma face rejuvenescida.

Cuidados fundamentais antes da cirurgia para rejuvenescimento do rosto

Vamos começar falando dos cuidados fundamentais, aqueles que estão relacionados à segurança do procedimento. Para que a cirurgia aconteça normalmente, o paciente deve estar em boas condições de saúde. Por isso, todo esse processo pré-operatório começa com uma consulta e avaliação pelo cirurgião plástico.

Nessa consulta, o médico conversará sobre seu histórico médico, tanto pessoal quanto familiar (se necessário). Ele também fará uma avaliação clínica e conversará sobre as suas expectativas. É importante que elas sejam realistas e que você esteja consciente de que haverá uma melhora significativa, mas sem esperar por milagres. Além disso, o médico solicitará:

Exames laboratoriais e cardiológicos

Eles têm o objetivo de atestar que o paciente está em boas condições de saúde e pode passar pelo procedimento programado. É muito comum os médicos solicitarem:

  • exames de sangue: hemograma, coagulograma, ureia, creatinina, glicemia de jejum, IgE total e específico para látex;
  • exames de urina: urina de rotina e urocultura;
  • eletrocardiograma;
  • risco cirúrgico.

Dependendo do seu histórico clínico e familiar, o médico poderá acrescentar itens a essa lista. Faça conforme foram solicitados, pois assim o cirurgião conseguirá avaliar possíveis riscos ou tomar medidas para evitar complicações.

Suspensão do cigarro

O fumo causa prejuízos à oxigenação dos tecidos. Como resultado, eles complicam o processo de cicatrização e ainda contribuem para o surgimento de problemas como trombose ou embolia pulmonar. Então, os médicos solicitam que o paciente interrompa o uso de cigarros 30 dias antes desse tipo de cirurgia.

Suspensão de medicamentos

Medicamentos podem interferir na realização da cirurgia, causando complicações. Um exemplo são os anticoagulantes, que aumentam o sangramento durante o procedimento. Por isso, os médicos solicitam a suspensão desses remédios por um período variável antes da intervenção para o rejuvenescimento do rosto.

Entre os medicamentos que devem ser suspensos, estão o ácido acetil salicílico (AAS, Aspirina, Doril), a vitamina E e anfetaminas (como os remédios para emagrecer). Seu uso deve ser interrompido 15 dias antes da cirurgia.

Já os hormônios, como aqueles que são usados como anticoncepcionais ou para a reposição hormonal, devem ser suspensos 10 dias antes da cirurgia de rejuvenescimento facial.

Finalmente, os hipoglicemiantes orais devem ser suspensos um dia antes. É muito importante contar ao médico quais são os remédios que você toma, mesmo que sejam produtos naturais. Ginkgo Billoba, Ginseng, comprimidos de alho estão entre os principais exemplos. Eles contém princípios ativos que também são anti-inflamatórios, anticoagulantes e assim por diante.

Então, é muito importante levar ao médico a lista de remédios que você utiliza. Assim, ele orientará a suspensão e, em alguns casos, precisará adotar condutas específicas.

Cuidados adicionais antes da cirurgia para rejuvenescimento do rosto

Existem outros cuidados importantes para quem quer obter o melhor resultado possível com a cirurgia de rejuvenescimento facial. Saiba quais são eles!

Mantenha uma alimentação saudável

A qualidade da nossa pele está bastante relacionada à herança genética. Porém, sua condição também é afetada pelos nossos hábitos, inclusive alimentares. Se o cardápio for repleto de alimentos antioxidantes e nutritivos, isso se refletirá na aparência.

Uma alimentação rica em frutas, vegetais, gorduras boas (azeites, castanhas, salmão) e fibras contribuirá para a qualidade de sua pele. Afinal, planejar uma cirurgia para rejuvenescer o rosto mas manter uma rotina que prejudica esse órgão tão importante não faz muito sentido.

Proteja-se do sol

Por mais que vivamos em um país tropical e amemos o sol, a exposição inadequada acelera o envelhecimento da pele. Por essa razão, é fundamental preservá-la com barreiras físicas (bonés, chapéus, guarda-sóis) e protetores solares.

Depois da cirurgia você também precisará controlar essa exposição. O paciente não deve permanecer no sol ou em um ambiente de iluminação fluorescente enquanto apresentar manchas roxas na pele (equimoses). Caso isso aconteça, essas marcas podem demorar para desaparecer ou se tornarem permanentes.

Esperamos que você tenha entendido como se preparar para a cirurgia de rejuvenescimento do rosto. Acredite que, apesar de essas medidas exigirem um pouco de disciplina, o resultado compensa. Você se sentirá muito mais feliz com sua aparência, pronto para viver cada fase em sua plenitude!

Gostou do post? Quer saber mais sobre as cirurgias para rejuvenescimento facial? Continue aqui no blog e confira nosso artigo completo sobre esse tema!