Fale Conosco Pelo Whatsapp

Para quem precisa reduzir e remodelar o nariz, existem duas técnicas praticadas pelos especialistas: a rinoplastia estruturada e a rinoplastia redutora. Neste post, vamos falar sobre as diferenças que existem entre elas, a indicação e as possíveis vantagens da alternativa mais utilizada no momento.

Ficou interessado e quer saber mais? Então, continue a leitura até o final!

Rinoplastia redutora

É uma técnica mais antiga de rinoplastia, mas que foi utilizada durante muito tempo e ainda é a melhor alternativa em alguns casos. O cirurgião reduz a estrutura do nariz ou modifica seu formato. Para isso, ele remodela o esqueleto nasal, retira partes do osso e cartilagens, interrompe ligamentos de cartilagens.

Embora essa técnica consiga atender às expectativas dos pacientes e garantir a aparência desejada, nem sempre seu resultado é satisfatório a longo prazo. Especialistas observam que, com o passar do tempo, pode haver alterações no formato do nariz. Assim, é possível ter problemas como deformações ou dificuldades respiratórias.

Alguns dos motivos para esses problemas são a contração do tecido cicatricial, o peso da pele sob a estrutura nasal modificada, envelhecimento e a pressão respiratória. Portanto, são situações normais, mas que interferem no resultado da cirurgia e causam transtornos ao paciente.

Rinoplastia estruturada

Devido a essas dificuldades, os cirurgiões desenvolveram uma nova técnica — a rinoplastia estruturada. Nesse caso, o médico também precisa interromper ligamentos, bem como reduzir ou modificar estruturas cartilaginosas e ósseas. Porém, existe uma diferença: o cirurgião utiliza a cartilagem do próprio paciente para realizar enxertos que reforçam a estrutura nasal. Então, é como se ele fizesse vigas de sustentação com esses tecidos.

Em alguns casos, o cirurgião ainda consegue reconstruir os ligamentos a partir de alguns pontos de fixação das cartilagens. Assim, ele reduz muito a possibilidade de o nariz sofrer alterações no formato com o tempo. Portanto, a probabilidade de o paciente ter deformações ou problemas funcionais praticamente desaparece.

Indicações da rinoplastia estruturada

Vale a pena destacar que apenas o cirurgião plástico pode determinar qual é a melhor técnica para cada paciente. Portanto, é fundamental fazer uma consulta de avaliação com um profissional especializado para ter um planejamento cirúrgico compatível com suas necessidades.

Porém, em alguns casos a rinoplastia estruturada é a técnica mais indicada. Veja quais são as principais situações que levam a essa escolha:

  • narizes muito grandes;
  • perda de sustentação de válvulas externas e internas;
  • rinoplastias secundárias, que são cirurgias em que existe uma limitação da cartilagem disponível devido a um problema ou insatisfação com outro procedimento realizado anteriormente;
  • desvios complexos do nariz;
  • necessidade de realizar aumento em algumas partes, ampliando as possibilidades de modelagem.

Finalmente, concluímos que em alguns casos a rinoplastia estruturada é essencial. Ela garante que o paciente tenha um resultado mais consistente, já que a estrutura do nariz foi reforçada e a chance de ocorrerem alterações no formato se tornam muito menores.

E então, já conhecia esse procedimento? Sabia que em alguns casos é realmente necessário garantir uma estrutura mais forte ao nariz modelado para evitar distorções? Para obter um resultado perfeito para sua cirurgia plástica no nariz, procure sempre um cirurgião experiente e uma clínica de confiança.

Ainda ficou com dúvidas? Deixe sua pergunta no espaço dos comentários e teremos prazer em respondê-la!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)