Toda cirurgia plástica requer um preparo prévio e com a cirurgia de mamoplastia não é diferente. Isso porque, além de ficar mais bonita, você quer que o procedimento ocorra em segurança, não é mesmo?

Ao se preparar adequadamente para a cirurgia de mamoplastia, você estará garantindo a si mesma que o seu pós-operatório, bem como o processo de cicatrização sejam tranquilos.

Por isso, preparamos um post para ajudá-la a se preparar para a cirurgia de mamoplastia. Acompanhe!

Quais são os pré-requisitos para fazer a cirurgia de mamoplastia?

Antes de se submeter ao procedimento, você deve ter certeza se ele é mesmo indicado para você. Dessa forma, observe as suas mamas e os problemas que você acredita que elas têm.

Assim, veja se você deseja alterar o tamanho (aumentar ou diminuir) ou corrigir a assimetria das mamas. Além disso, é necessário que as suas mamas já tenham se desenvolvido completamente. Isso acontece, em geral, por volta dos 18 anos, mais ou menos.

Por isso, se você ainda não chegou a essa idade e deseja ter seios maiores, espere até atingi-la. Isso porque, é muito provável que suas mamas ainda cresçam e que você fique satisfeita com o formato e tamanho.

Mas se a sua opção pela cirurgia de mamoplastia for para diminuir o volume dos seios, devido ao peso, pode ser que você possa realizar o procedimento antes. Neste caso, seus pais a acompanharão ao médico que explicará se já é possível que você seja operada.

O mesmo vale se a adolescente já apresentar uma grande diferença entre o tamanho das mamas.

Feito isso, é hora de procurar um cirurgião com registro no Conselho Federal de Medicina (CFM) — no site da instituição. Além disso, ele deve possuir o título de cirurgião plástico emitido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Devo comprar sutiã pós-cirúrgico?

A resposta é sim, com certeza. Mas em vez de um, é ideal que você compre pelo menos dois sutiãs pós-cirúrgicos. Assim, enquanto um estiver lavando, você poderá usar o outro.

O uso do sutiã pós-cirúrgico é fundamental no período de recuperação da cirurgia. Seu benefício é assegurar que a região operada se mantenha estável para uma cicatrização adequada. Afinal, além da incisão — que é possível enxergar na área dos pontos — a cirurgia de mamoplastia gerou traumas internos.

Pense da seguinte maneira: sem o sutiã pós-cirúrgico, esses tecidos que foram separados durante a cirurgia ficam “livres”. Eles balançam à medida em que a paciente movimenta o corpo, causando em primeiro lugar uma tensão sobre os pontos, que podem se abrir. Além disso, sem a devida compressão os tecidos internos não ficam “grudados” o tempo inteiro, o que dificulta o processo de cicatrização.

O sutiã específico ainda traz outros benefícios, como reduzir ou evitar que o inchaço das mamas aumente. Ele faz isso graças ao seu tecido elástico. Por fim, o sutiã pós-cirúrgico ainda evita que a paciente sinta dores na região.

Isso porque, ao imobilizar a região, ele impede que os tecidos das suas mamas sejam deslocados, o que causaria dores. Além disso, a compressão ainda evita o sangramento.

Como deve ser o pré-operatório da cirurgia de mamoplastia?

Exames

Antes da realização de qualquer, cirurgia (plástica ou não) é fundamental que sejam realizados certos exames específicos. Isso porque, eles verificam a saúde da pessoa como um todo.

Em geral, o cirurgião solicita: hemograma completo, glicemia de jejum, coagulograma (que é a avaliação de coagulação sanguínea), entre outros.

E para fazer a cirurgia de mamoplastia, o cirurgião plástico pedirá exames específicos das mamas, como a mamografia e o ultrassom.

O cirurgião solicita esses exames a fim de detectar alterações nas mamas (nódulos ou cistos, por exemplo), que poderiam requerer tratamento antes de serem operadas.

Recomendações gerais

Como em qualquer outra operação, a cirurgia de mamoplastia possui um período de jejum, estipulado pelo médico, que deve ser respeitado. Da mesma forma, não fume, nem consuma bebidas alcoólicas e alimentos gordurosos nos dias que antecedem a cirurgia.

Também é importante informar o médico sobre os medicamentos que você usa e siga as recomendações de uso dos mesmos no dia da cirurgia. Ainda sobre os remédios, é fundamental parar de usar medicamentos com ácido acetilsalicílico (aspirina), bem como fórmulas para emagrecer nos sete dias anteriores à mamoplastia.

Além disso, comunique o cirurgião plástico sobre quaisquer anormalidades em sua saúde que possam comprometer a cirurgia. Isso porque, dependendo de qual for a intercorrência, o médico poderá preferir remarcá-la.

Por fim, se tudo estiver bem, procure dormir bem no dia anterior à cirurgia. Afinal, você precisa estar bem descansada para o procedimento.

Agora que você já conhece tudo o que precisa saber sobre como se preparar para a cirurgia de mamoplastia, leia também: Sutiã pós-cirúrgico para mamoplastia redutora: como usar?