Fale Conosco Pelo Whatsapp

Na contramão do desejo de muitas mulheres, algumas têm vontade de reduzir o tamanho dos seios.

Elas se sentem incomodadas com mamas exageradamente grandes e acreditam que a cirurgia pode proporcionar conforto e alívio para o peso que carregam diariamente. Mas existe um grupo que tem receio de passar pelo procedimento por não saber como é a mamoplastia redutora na fase do pós-operatório.

Por isso, decidimos dedicar um post a este tema. Vamos mostrar que, desde que você siga as orientações do médico, a recuperação é bastante tranquila. Confira o que acontece com a paciente nesse período.

Como é feita a mamoplastia redutora?

Para reduzir as mamas, o médico precisa tirar uma parte do tecido mamário, da pele e algumas vezes, de tecido adiposo (gordura). Então, para isso ele deve fazer algumas incisões estratégicas.

Assim, depois de anestesiar a paciente, ele começa as incisões. Geralmente, os cortes são ao redor da aréola e um V entre o bico do peito e a base do seio. Em muitos casos, também é necessário fazer outro traço curvo da dobra abaixo da mama (sulco mamário).

O cirurgião retira o excesso de tecido e pele por meio dessas aberturas e modela as mamas. Então, ao terminar, ele fecha todos os cortes com pontos.

Como é a recuperação da mamoplastia redutora?

O pós-operatório da mamoplastia redutora é muito tranquilo, desde que a paciente siga todas as recomendações do médico. Ela geralmente volta para casa um dia depois do procedimento para terminar sua recuperação.

A partir daí, começa uma rotina de cuidados que deve ser seguida à risca. Veja quais são eles:

Movimentação dos braços

Nos primeiros 15 dias, é fundamental que a paciente não levante os braços acima da altura dos ombros. Também é importante não carregar peso, não fazer movimentos bruscos e nem fazer esforço físico. Afinal, todas essas ações podem forçar a área do corte e causar a abertura de pontos, além de prejudicar a cicatrização.

Uso do sutiã cirúrgico

Outro cuidado essencial é utilizar o sutiã cirúrgico o tempo inteiro. Ele só pode ser retirado para tomar banho e deve ser usado até mesmo para dormir durante 30 dias. Essa peça é extremamente importante. Ela ajuda a reduzir o inchaço, a modelar as mamas e a manter todos os tecidos estabilizados, favorecendo a cicatrização.

Repouso

Depois da redução de mamas, a mulher deve repousar. Porém, ela pode andar dentro de casa e até mesmo retomar seu trabalho depois de alguns dias, desde que ele não exija esforço e nem a movimentação dos braços. No entanto, os exercícios físicos e relações sexuais precisam esperar um pouco mais.

A verdade é que, desde que a paciente siga essas recomendações, não há por que temer a mamoplastia redutora pós-operatório. Com os analgésicos receitados pelo médico e esses cuidados, ela não sentirá dor. Assim, conseguirá voltar às suas atividades diárias gradualmente.

Uma certeza você pode ter: um período curto com algumas restrições de movimento traz muito menos incômodo do que os transtornos causados por mamas muito grandes no dia a dia.

Então, vale a pena tomar a decisão de reduzir os seios para ganhar qualidade de vida e os benefícios de um corpo saudável e proporcional.

Gostou do post? Ficou com alguma dúvida?

Confira nosso Guia Completo da Mamoplastia Redutora!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Caso queira que entremos em contato com você, é só preencher o formulário abaixo !

(Preencha, envie e aguarde a confirmação)