O envelhecimento é um processo natural e visível. Começa com uma ruguinha pra cá, outra para lá, a flacidez se destaca e pronto: a autoestima também despenca. Mas não precisa ser assim! É sabido que quanto antes os cuidados com a pele se iniciarem, melhores serão os resultados obtidos. Mas você sabe identificar as etapas de envelhecimento da pele para buscar ajuda?

– Aos 20 anos a produção de antioxidantes da pele diminuiu. Isso implica no aparecimento das primeiras linhas de expressão no rosto. Protetor solar sempre, ajustado ao seu tipo de pele e nível de exposição, além de muita hidratação, é recomendado. Produtos com vitamina C podem ser indicados por especialistas.

– Aos 30 anos o metabolismo corporal começa a cair e, com isso, a produção de colágeno da pele também diminui. Se a pele apresentar um aspecto de cansaço, tratamentos e uso de cosméticos com vitamina B são recomendados.

– Aos 40 anos os sinais do tempo são bem mais evidentes na pele e a flacidez é notada, principalmente por quem não teve os cuidados básicos com proteção solar. Invista em tratamentos com produtos que contenham ácido hialurônico, ácido glicólico ou retinol.

– Aos 50 anos ou mais a pele apresenta ressecamento e as rugas são acentuadas. Uma ritidoplastia pode ser uma ótima alternativa para eliminar o incômodo na face.